Até com FPF Romário fica longe de SP

O Palmeiras não tem interesse na contratação de Romário. O diretor de Futebol Sebastião Lapola disse nesta terça em Teresina, sede do time paulista na Copa dos Campeões, que o clube não pensa em entrar na disputa pela contratação do veterano atacante, mesmo que a Federação Paulista de Futebol (FPF) assuma o compromisso de pagar os salários do jogador. ?É uma negociação difícil e complicada. Está fora dos planos do clube?, admitiu Lapola.Na verdade, o Palmeiras entende que se a FPF ajudasse na contratação de Romário, o jogador não viria de graça para o Parque Antártica. A entidade, por força do estatuto, não poderia dar dinheiro para um clube investir em reforços. Segundo a diretoria do Palmeiras, a FPF poderia pagar os salários de Romário, mas depois descontaria das cotas que o clube teria direito pela participação nas competições organizadas pela entidade. Há ainda outra impasse: o técnico Vanderlei Luxemburgo não se dá com Romário. Eles brigaram no Flamengo.Vila Belmiro - O Santos, outro clube paulista que teve seu nome vinculado ao interesse pela contratação de Romário, também não pretende contar com tal reforço. O assessor de Imprensa do time da Vila Belmiro, Valmir Lopes, disse que a diretoria encerrou o assunto. ?Romário não faz parte dos planos do Santos. É muito investimento, mesmo com a participação da FPF, que posteriormente iria recuperar o dinheiro descontando das cotas do clube?, afirmou o assessor santista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.