Até o lanterna bate no Real Madrid

O Real Madrid iniciou a temporada de 2003-04 como o grande bicho-papão do futebol europeu. Mas o time badalado, rico e cheio de ?galácticos? só acumula decepções e vem descendo a ladeira, tanto no terreno doméstico como no internacional. A mais recente frustração veio neste domingo, com a derrota por 2 a 1, na visita ao Múrcia, lanterna e já rebaixado no Campeonato Espanhol. O tropeço significa também a perda do segundo lugar, agora ocupado pelo Barcelona, que fez 1 a 0 no Santander. A nona derrota do Real veio com dois pênaltis cobrados por Luís Garcia, aos 3 e aos 32 minutos do primeiro tempo. Guti ainda diminuiu, aos 46 da fase final. Roberto Carlos e Ronaldo foram liberados, mas Zidane, Figo e Beckham estiveram em campo. O Real tem 70 pontos e encerra participação em casa contra a Real Sociedad. O Barcelona saltou para 72 pontos também por gol de pênalti, cobrado por Ronaldinho Gaúcho aos 2 minutos do primeiro tempo da partida disputada no Camp Nou. Se confirmar o vice-campeonato, no duelo final com o Zaragoza, terá assegurado lugar na chave principal da próxima Liga dos Campeões. O terceiro e o quarto colocados na Espanha precisam passar pela fase prévia do torneio europeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.