Gilvan de Souza / Flamengo
Gilvan de Souza / Flamengo

Athletico-PR anuncia a contratação de Dorival Júnior como novo técnico

Após negociações frustradas com outros treinadores, clube paranaense acerta com um novo comandante

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2019 | 18h32

O Athletico-PR, enfim, tem um novo técnico. Depois de vários dias de negociação, o clube paranaense se acertou com Dorival Júnior e fez o anúncio em suas redes sociais nesta sexta-feira. O treinador de 57 anos chegar para substituir Tiago Nunes, que se transferiu para o Corinthians.

O anúncio foi cercado de mistério, uma vez que o Athletico-PR publicou em suas redes sociais imagens de uma fumaça branca saindo da Arena da Baixada, em Curitiba. Mais de uma hora depois, o clube confirmou o acordo com Dorival Júnior.

"É uma honra poder vestir essa camisa, uma camisa pela qual eu tenho um respeito muito grande, uma admiração por todo o trabalho que está sendo desenvolvido", disse Dorival Junior ao site oficial do Athletico-PR. "Agora tenho a oportunidade de estar à frente desta grande equipe. Tenho certeza que darei meu máximo para que a torcida athleticana continue tendo grandes resultados, continue sonhando alto", completou.

Seu primeiro desafio no cargo será a Supercopa do Brasil contra o Flamengo, no dia 16 de fevereiro, em Brasília. Ele não treinará o time paranaense no Estadual. A missão ficará a cargo de Eduardo Barros, que comandou a equipe na reta final do Campeonato Brasileiro depois da saída de Tiago Nunes.

Dorival Junior não era a primeira das opções do Athletico-PR. Em sua busca no mercado, o clube paranaense fez proposta por Rogério Ceni, que preferiu permanecer no Fortaleza, e, depois disso, foi atrás de estrangeiros. Tentou o argentino Sebastián Beccacece e o espanhol Miguel Angel Ramirez, técnico do equatoriano Independiente Del Valle, campeão da Copa Sul-Americana.

A negociação se arrastou por dias. Foram várias conversas entre o Athletico-PR e Dorival Junior, que não trabalhou em 2019. Seu último clube foi o Flamengo, pelo qual foi vice-campeão brasileiro em 2018 depois de comandar o time nas últimas rodadas do torneio. Ele saiu do clube rubro-negro ao final daquela temporada.

Dorival Junior já passou por grande parte dos principais clubes do futebol brasileiro. Além do Flamengo, treinou Palmeiras, São Paulo, Santos (duas passagens), Atlético-MG, Cruzeiro, Internacional, Vasco e Fluminense. Nos últimos meses, o treinador ficou afastado para tratar um câncer de próstata. Ele voltará ao Paraná após mais de uma década. Em 2008, comandou o Curitiba.

O título mais relevante da carreira do novo treinador do Athletico-PR é a Copa do Brasil, conquistada no comando do Santos, em 2010. Ele também foi campeão da Recopa Sul-Americana, à frente do Internacional, em 2011, e tem em seu currículo a conquista de sete títulos estaduais - dois paulistas, um gaúcho, um paranaense, um pernambucano, um cearense e um catarinense.

Para Entender

Mercado da Bola

Veja as principais negociações do futebol brasileiro. Clubes se movimentam para tentar se reforçar visando a próxima temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.