Divulgação/Athletico-PR
Divulgação/Athletico-PR

Athletico-PR bate o Fortaleza no Castelão e vence na abertura do Brasileirão

Equipe paranaense vence sem dificuldades o time de Rogério Ceni

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2020 | 21h19

Embalado com o título paranaense, o Athletico-PR apostou em um time misto para a estreia do Campeonato Brasileiro e saiu de Fortaleza com a vitória por 2 a 0 diante do time da casa na noite deste sábado, na Arena Castelão. A equipe de Dorival Júnior surpreendeu o time Rogério Ceni, facilmente dominado, principalmente depois da expulsão de Quintero, no segundo tempo.

O clube paranaense provou que brigará novamente por uma vaga na Copa Libertadores, ainda mais pela motivação que vem desde do ano passado quando terminou na 5ª posição do Brasileirão e foi campeão da Copa do Brasil.

O Athletico foi até Fortaleza com um time misto, bem diferente daquele que levantou o título do Campeonato Paranaense, no meio de semana. Além disso, o atacante Walter ainda não pôde estar em campo. Quando a bola rolou, o time de Dorival Junior pressionou a saída de bola do adversário e praticamente anulou todas ações do rival.

O time paranaense foi se soltando no ataque e abriu o placar aos 21 minutos. Jonathan cruzou na medida para Vitinho, que só teve o trabalho de desviar para o fundo das redes. Mesmo após o gol, o Athletico continuou dominando e criando as melhores oportunidades, principalmente com Nikão.

O Fortaleza ficou refém de Wellington Paulista. Bem marcado, o atacante teve apenas uma chance. No passe de Romarinho, chutou para defesa de Jandrei. Já o Athletico aproveitou nova falha da defesa adversária para ampliar. Nikão deu passe para Vinícius Mingotti, que tirou de Jandrei e viu Léo Cittadini completar para o gol.

No segundo tempo, Dorival Junior colocou Nikão e Vitinho pelos lados de campo e deu correria para o Fortaleza, que não conseguiu se desvencilhar da marcação. A situação piorou ainda mais aos 22 minutos, quando Quintero agrediu Nikão e acabou expulso. Em vantagem numérica, o domínio do Athletico foi ainda maior.

Para Entender

Brasileirão 2020: onde assistir, premiação, times, calendário e muito mais

Campeonato será finalizado apenas em fevereiro de 2021, em razão do atraso no início da competição, por causa do novo coronavírus

O time de Rogério Ceni bateu muita a cabeça e viu seus atacantes se atrapalharem quando chegaram próximos ao gol. O Athletico apenas administrou a vantagem para colocar três pontos na bagagem.

Na próxima rodada, o Athletico recebe o Goiás na quarta-feira, às 19h15, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Na quinta-feira, às 19h15, o Fortaleza visita o São Paulo no Morumbi, em São Paulo (SP).

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA 0 x 2 ATHLETICO-PR

FORTALEZA - Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho (Tiago Orobó) e Romarinho (Derley); David (Jackson), Wellington Paulista (Yuri César) e Osvaldo (Marlon). Técnico: Rogério Ceni.

ATHLETICO-PR - Jandrei; Jonathan (Khellven), Zé Ivaldo, Aguilar e Abner Vinícius; Richard (Kawan), Fernando Canesin (Cheristian) e Léo Cittadini (Carlos Eduardo); Nikão, Vinícius Mingotti (Lucho González) e Vitinho. Técnico: Dorival Junior.

GOLS - Vitinho, aos 21, e Léo Cittadini, aos 47 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC).

CARTÕES AMARELOS - Felipe, Paulão e Juninho (Fortaleza); Christian e Kawan (Athletico).

CARTÃO VERMELHO - Quintero (Fortaleza).

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.