REUTERS/Mariana Greif
REUTERS/Mariana Greif

Athletico-PR se despede de Nikão e meia fica livre para acertar com o São Paulo

Jogador ficou marcado na história do clube por marcar o gol do título da Copa Sul-Americana de 2021

Redação, Estadão Conteúdo

08 de janeiro de 2022 | 21h22

O Athletico-PR desistiu de tentar convencer o meia Nikão a permanecer em Curitiba e se despediu oficialmente do ídolo neste sábado. Ciente que o jogador quer respirar novos ares e tem negociação avançada com o São Paulo, o clube prestou uma última homenagem ao autor do gol do título da Copa Sul-Americana.

"Toda história tem início, meio e fim. O Athletico Paranaense deseja felicidades no novo desafio e agradece a dedicação de Nikão nestes sete anos defendendo a camisa athleticana", informou a diretoria paranaense, antes de ressaltar os números do jogador.

"Foram sete temporadas, 314 jogos e 49 gols vestindo a camisa athleticana. As 6 taças colocam o jogador ao lado de outros grandes nomes da nossa história no ranking de títulos conquistados, como Caju, que também levantou 6 troféus", seguiu. "E próximo de outros grandes jogadores que marcaram época, como Adriano, Flávio, Gustavo e Santos, com 7 conquistas cada."

O jogador também fez juras de amor ao clube. "Entrei como jogador, saio como torcedor. O Nikão está indo embora, mas para onde quer que eu vá, o Athletico estará sempre dentro do meu coração", enfatizou.

Depois de não conseguir uma transferência para fora do País, o meia tinha conversas adiantadas com o Internacional, mas o São Paulo entrou no circuito e parece ter convencido o jogador a ir para o Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.