Miguel Basso/Ceará
Miguel Basso/Ceará

Athletico-PR e Ceará ficam no 0 a 0 e continuam próximos da zona de rebaixamento

Resultado de igualdade não foi bom para nenhum dos dois lados nesta quinta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2020 | 21h23

Em jogo de poucas oportunidades, Athletico-PR e Ceará ficaram no empate por 0 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba, nesta quinta-feira à noite, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, os dois times chegaram aos 15 pontos, empatados ainda com Bahia, Corinthians, Atlético-GO e o Botafogo, que abre a zona do rebaixamento.

Com saldo negativo de 3 gols e quatro vitórias, o Athletico é o 12.º colocado. Em seguida está o Bahia com saldo negativo de 4, à frente do Corinthians com saldo -5. O Ceará é o 14.º colocado porque tem três vitórias, uma a mais do que o Botafogo.

Com um início de jogo movimentado, o Ceará foi quem assustou primeiro. Rafael Sobis rolou para Ricardinho, que encheu o pé de fora da área. O goleiro Jandrei ainda tocou na bola e ela bateu na trave.

O Athletico tentou responder no primeiro tempo e a melhor chance foi em finalização de Fabinho por cima do gol. O time da casa tinha dificuldade na armação e não conseguia acionar o centroavante Renato Kayzer, atuando muito isolado.

No segundo tempo, o Athletico adotou postura mais ofensiva e passou perto do gol de abertura do placar com Léo Cittadini, que recebeu de Fabinho, mas finalizou para fora.

Pouco depois, o Ceará mandou a segunda bola na trave. Vina cobrou escanteio fechado, Luiz Otávio tocou sem força e a bola acertou o poste. Sem mais lances de perigo, o jogo terminou mesmo com o placar inalterado. O empate foi ruim para os dois times, que seguem na metade de baixo da tabela.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 15.ª rodada do Brasileirão. O Ceará recebe o Corinthians no Castelão, em Fortaleza, enquanto o Athletico vai ao Beira-Rio, em Porto Alegre, enfrentar o Internacional.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 0 X 0 CEARÁ

ATHLETICO-PR - Jandrei; Jonathan (Ravanelli), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius (Wescley); Wellington (Richard), Erick, Léo Cittadini (Geuvânio) e Jorginho (Walter); Fabinho e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros.

CEARÁ - Fernando Prass; Eduardo, Luiz Otávio, Eduardo Brock e Bruno Pacheco; Fabinho, Ricardinho (Kelvyn), Fernando Sobral, Vinícius e Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves); Rafael Sobis (Bergson). Técnico: Guto Ferreira.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS - Wellington e Geuvânio (Athletico-PR); Luiz Otávio e Mateus Gonçalves (Ceará).

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.