José Tramontin/Athletico-PR
José Tramontin/Athletico-PR

Athletico-PR oficializa contratação do atacante Matheus Babi, ex-Botafogo

Jogador de 23 anos é o segundo reforço trazido pelo clube para a temporada; antes a diretoria havia fechado com o lateral Marcinho

Redação, Estadão Conteúdo

13 de abril de 2021 | 14h08

A direção do Athletico-PR oficializou nesta terça-feira a contratação do atacante Matheus Babi, que estava no Botafogo. O jogador de 23 anos, que pertencia ao Serra Macaense, mas estava emprestado ao time alvinegro, assinou contrato em definitivo com o clube de Curitiba até abril de 2025.

O Athletico desembolsou R$ 12 milhões pelo seu segundo reforço para a temporada 2021. O primeiro foi outro jogador com passagem pelo Botafogo, o lateral-direito Marcinho.

"Foi um caminho difícil até esse momento, com muito trabalho e passando por cima de várias coisas. Agora, é um sentimento de alegria, gratidão e espero dar muitas alegrias ao Athletico", comentou Babi, autor de 10 gols no último Brasileirão. No Campeonato Carioca deste ano, foram três gols.

No novo time, o atacante comemorou reencontrar Paulo Autuori, atual diretor técnico do Athletico. Autuori foi treinador do Botafogo e orientou o jovem Babi em seu terceiro clube profissional. "O Paulo gosta de deixar o atleta bem à vontade. Estou bastante feliz de reencontrar ele aqui. Foi uma pessoa que me ajudou muito no Botafogo e por quem eu tenho uma gratidão", comentou o jogador.  

Ao site do Athletico, Babi falou sobre suas características. "Mesmo sendo alto (1,91m), gosto de movimentar bastante. É difícil eu ficar parado entre os zagueiros. Procuro me movimentar e ter intensidade para aproveitar o cabeceio a as finalizações", declarou.

"Um dos meus objetivos é ter um crescimento aqui. O Athletico desenvolve bastante os atletas jovens, com uma categoria de base impressionante. Então, espero desenvolver e ter um futuro brilhante com essa camisa", projetou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.