Fabio Wosniak/ CAP
Fabio Wosniak/ CAP

Athletico-PR quer superar surto de covid-19 para bater Palmeiras em São Paulo

Equipe paranaense acumula cinco jogos seguidos sem derrota, que levaram o time ao meio da tabela

Redação, Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2020 | 13h23

O Athletico-PR segue tendo problemas por causa da covid-19. O time paranaense convocou para o duelo contra o Palmeiras, neste sábado, às 17h, no Allianz Parque, o goleiro Mycael, de apenas 16 anos. Ele vai para uma partida pela primeira vez no profissional. No entanto, ficará no banco de reserva porque o titular será outro jovem, Bento, uma vez que Santos e Jandrei seguem como desfalques por testarem positivo para o novo coronavírus.

"A conversa foi na base da confiança mesmo. Eles (da comissão) sempre acreditaram em mim, e é por isso que estou aqui hoje. Eu trabalho sempre com muita dedicação, e eles sempre veem isso no dia a dia", disse Bento, o novo titular.

Além dos goleiros, seguem contaminados o zagueiro Zé Ivaldo, o lateral Abner, o volante Alvarado, os meias Fernando Canesin e Nikão, além do atacante Geuvânio. Já os laterais Jonathan e Márcio Azevedo e o atacante Vitinho seguem vetados pelo departamento médico.

O clube ainda revelou que teve mais testes positivos dentro do elenco, mas optou por não revelar nomes. As dúvidas do técnico Paulo Autuori são no ataque, entre Carlos Eduardo, Fabinho, Reinaldo, Renato Kayzer e Bissoli. Apenas três irão a campo como titulares.

Existe também uma outra preocupação: o jogo de volta, na próxima terça-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores contra o River Plate, na Argentina. Na última terça, na Arena da Baixada, houve empate por 1 a 1 e, agora, o empate sem gols vai beneficiar o time argentino.

O Athletico-PR vive seu melhor momento no Brasileirão. Vindo de três triunfos seguidos, o Furacão é o 11º colocado, com 28 pontos, hoje abrindo quatro da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.