Miguel Locatelli / Site Oficial / Athletico-PR
Miguel Locatelli / Site Oficial / Athletico-PR

Athletico-PR vence CSA em Curitiba e entra no G-6 do Brasileirão

Marcelo Cirino fez o gol da vitória do time paranaense, que teve dois tentos anulados

Redação, Estadão Conteúdo

03 de novembro de 2019 | 20h34

Mesmo já classificado à Copa Libertadores de 2020 por ter sido campeão da Copa do Brasil, o Athletico-PR está levando a sério a missão de ficar dentro do G-6 do Brasileirão. O objetivo foi alcançado neste domingo, com uma vitória apertada por 1 a 0 sobre o CSA, na Arena da Baixada, em Curitiba, em jogo válido pela 30ª rodada.

Com 46 pontos e sem perder há cinco jogos, o time paranaense saiu do oitavo para o sexto lugar. Para isso, contou com as derrotas de Corinthians e Internacional diante de Flamengo e Grêmio, respectivamente. A equipe gaúcha também tem 46, mas o atleticanos estão na frente por vantagem de 13 a 6 no saldo de gols. Já o CSA continua na zona de rebaixamento, na 18.ª colocação, com 29 pontos.

O primeiro tempo se passou basicamente no campo de defesa do CSA. O Athletico chegou bastante e criou oportunidades, apesar de, na maioria das vezes, ter pecado por preciosismo. Do outro lado, bem posicionada defensivamente, a equipe alagoana até suportou a pressão, mas precisou contar com intervenções pontuais do goleiro João Carlos para que o zero não saísse do placar.

Depois de mal chegar ao campo de ataque durante a etapa inicial, o CSA quase abriu o placar aos cinco minutos do segundo tempo, quando Jonatan Gomez acertou a trave. Ligado, o Athletico respondeu no minuto seguinte, da mesma maneira, com um chute na trave de Rony. Pouco depois, aos nove, o mesmo Rony chegou a balançar as redes, mas o árbitro anulou o gol, com o auxílio do VAR.

O início movimentado não ditou o ritmo da sequência da partida, bastante truncada pela postura defensiva adotada pelo CSA, o que gerou dificuldades para o Athletico. Ainda assim, a bola continuava nos pés dos atleticanos e uma hora ela encontrou o caminho do gol. Aos 36 minutos, Marcelo Cirino aproveitou cruzamento de Márcio Azevedo, e só empurrou para a rede para decretar a vitória paranaense.

O segundo gol quase saiu nos minutos finais. Bruno Nazário acertou uma bola no travessão, aos 46, e Braian Romero colocou a bola dentro da rede, mas o assistente marcou posição irregular, aos 48.

O Athletico volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Cruzeiro na Arena da Baixada, a partir das 21h30, pela 31ª rodada. Um dia depois, na quinta, o CSA visita o Grêmio na Arena do adversário, em duelo marcado para as 21 horas.


FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 1 x 0 CSA

ATHLETICO-PR - Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Camacho, Bruno Guimarães e Thonny Anderson (Bruno Nazário); Nikão (Marcelo Cirino), Marco Ruben (Braian Romero) e Rony. Técnico: Tiago Nunes.

CSA - João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Luciano Castán e Euller; João Vitor, Dawhan (Jean Cléber) e Jonatan Gomez (Alecsandro); Warley, Ricardo Bueno e Apodi (Bustamante). Técnico: Argel Fucks.

GOL - Marcelo Cirino, aos 36 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Sávio Pereira Sampaio (DF).

CARTÕES AMARELOS - Bruno Guimarães e Marco Ruben (Athletico-PR); Dawhan (CSA).

RENDA - R$ 177.955,00.

PÚBLICO - 12.933 pagantes.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.