José Tramontin
José Tramontin

Athletico-PR vence e ultrapassa o Ceará em noite de homenagens a Sicupira

Com gols de Renato Kayzer e Pedro henrique, vitória deixa a equipe paranaense na nona colocação do campeonato com 41 pontos

Redação, Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2021 | 20h57

Em noite marcada por homenagens ao ídolo Sicupira, o Athletico-PR venceu o confronto direto diante do Ceará, por 2 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 31ª rodada, e ultrapassou o rival nordestino na classificação do Campeonato Brasileiro. Renato Kayzer e Pedro Henrique fizeram os gols dos mandantes, enquanto Rick descontou para os visitantes.

A segunda vitória seguida e o terceiro jogo sem derrota deixaram o Athletico na nona colocação com 41 pontos, a seis da zona da Copa Libertadores. O Ceará, por sua vez, parou na 11ª posição com 39 pontos.

Antes do jogo, o diretoria preparou homenagens ao ídolo (Barcímio) Sicupira, que morreu no domingo, aos 77 anos, em razão de complicações após uma cirurgia no pulmão. Os jogadores entraram com uma camisa preta e o número oito na versão do infinito. A faixa de capitão tinha a inscrição: "Sicupira 8 eterno". No minuto 8 do primeiro tempo, o locutor e a torcida também homenagearam o ex-atleta.

Com a bola em jogo, os times demoraram a criar. Aos 30 minutos, Terans arriscou de fora da área e João Ricardo precisou se esticar todo para evitar o gol dos mandantes. A resposta veio oito minutos depois em chute com efeito de Vina. O goleiro Santos precisou se jogar para defender. Antes do intervalo, aos 43 minutos, Renato Kayzer recebeu de Marcinho por trás da vaga e bateu na saída do goleiro do Ceará para abrir o marcador.

O Ceará voltou mais ligado para o segundo tempo e empatou logo aos 6 minutos. Mendoza recebeu de Vina e encheu o pé. Santos espalmou e Rick aproveitou o rebote para deixar tudo igual. O Athletico manteve a calma e passou à frente aos 22 minutos. Pedro Henrique aproveitou escanteio de Nikão e, sozinho, cabeceou para as redes.

Aos 39 minutos, Fernando Sobral deu um pisão em Canesin. O árbitro goiano Wilton Pereira Sampaio deu cartão amarelo, mas após consultar o VAR, expulsou o jogador do Ceará.

Na 32ª rodada, o Athletico-PR visitará o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), no sábado, às 19 horas. No domingo, às 19 horas, o Ceará receberá o Sport na Arena Castelão, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 2 X 1 CEARÁ

ATHLETICO-PR - Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Zé Ivaldo); Marcinho, Erick (Fernando Canesin), Christian, Nikão, Terans (Pedro Rocha) e Abner Vinícius (Pedrinho); Renato Kayzer. Técnico: Alberto Valentim.

CEARÁ - João Ricardo; Gabriel Dias, Gabriel Lacerda, Klaus e Bruno Pacheco (Yony González); Fabinho (Oliveira), Fernando Sobral, Marlon (Cléber) e Vina; Rick (Erick) e Mendoza (Lima). Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Renato Kayzer, aos 43 minutos, do primeiro tempo. Rick, aos 6 e Pedro Henrique, aos 22 minutos, do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS - Christian, Abner Vinícius, Renato Kayzer, Santos (ATHLETICO-PR); João Ricardo, Vina e Richard (CEARÁ).

CARTÃO VERMELHO - Fernando Sobral (CEARÁ)

RENDA e PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.