Atletas do Atlético-MG entram em greve

No momento em que começa a se recuperar no Campeonato Brasileiro - pode, após 22 rodadas, finalmente deixar a zona de rebaixamento -, o Atlético-MG enfrenta um sério problema. Nesta quarta-feira, os jogadores do clube mineiro decidiram entrar em greve por causa do atraso no pagamento dos salários.Na manhã desta quarta-feira, houve treino normal no CT de Vespasiano. Mas à tarde, os jogadores se reuniram e decidiram ir embora, sem participar do treinamento.A decisão de não treinar no período da tarde foi comunicada por uma comissão formada por 4 jogadores: Marques, Rodrigo Fabri, Euller e Danrlei. Com isso, a comissão técnica, comandada por Marco Aurélio, os funcionários do departamento de futebol e os seguranças também deixaram o CT do clube.O presidente do Atlético, Ricardo Guimarães, disse que recebeu a notícia da greve com muita surpresa. Ele informou que o clube deve dois meses de salários aos jogadores, mas lembrou que havia feito um acordo com o elenco na terça-feira para o pagamento de uma parte dos débitos até o final da semana - o restante da dívida seria quitado no próximo mês. "O Atlético está cumprindo a sua parte. Já está com os cheques prontos para serem entregues amanhã para os jogadores e não entendeu porque eles se retiraram do treinamento", disse o presidente Ricardo Guimarães, que prometeu não fazer nenhuma retaliação diante do que classificou como "atitude radical" dos jogadores."A diretoria está errada quando não paga os salários, mas não adianta também uma caça às bruxas agora. Já temos confusão demais. O que precisamos é um mínimo de paz dentro da turbulência que a gente já vive normalmente", avisou o presidente do Atlético-MG.Ricardo Guimarães, porém, não deixou de cutucar os jogadores em razão do fraco desempenho do time no Brasileirão. O clube mineiro ocupa a 19ª colocação, com 30 pontos ganhos em 28 partidas disputadas. "Tanto a diretoria é devedora, e reconhece isso, como os jogadores também. Pelo nível do grupo, pelo nível dos salários, não era para estar nessa posição", disse o dirigente. "Espero que os jogadores também paguem o que eles devem para o Atlético, para a torcida."Pela programação do Atlético, há treino marcado para a manhã desta quinta-feira, a partir das 9 horas. E, segundo a assessoria de imprensa do clube, os jogadores avisaram que vão trabalhar normalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.