Wagner Carmo/Estadão
Wagner Carmo/Estadão

Atletas do Palmeiras exaltam comprometimento do time

Time alviverde atuou com um homem a menos durante boa parte do jogo

Agência Estado

19 de outubro de 2013 | 19h32

SÃO PAULO - Depois de dominar o primeiro tempo, o Palmeiras levou sufoco para vencer o Bragantino por 2 a 0, neste sábado à tarde, em Bragança Paulista. O time alviverde fez 1 a 0 com Alan Kardec, mas deixou o rival assustar depois que Leandro foi expulso. O segundo gol só veio nos acréscimos, com Wesley.

O goleiro Fernando Prass lamentou que o Palmeiras tenha tido que jogar com um jogador a menos, mas exaltou o comprometimento do time. "Estávamos com o jogo praticamente controlado, mas uma expulsão mudou totalmente o jogo. Com um a menos, o Bragantino veio para cima. Fomos recompensados pelo esforço e falta pouco para subirmos para Série A", comentou o goleiro.

Já volante Eguren, que entrou no segundo tempo, no lugar de Felipe Menezes, para segurar o resultado, exaltou a vontade de todo o time em marcar. "O importante e mais importante do jogo é que o time lutou até o final. É um orgulho ver o Alan Kardec marcando lá atrás no final da partida", disse o uruguaio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.