Atletas do Sub-20 do Chile são detidos

Oito jogadores da seleção chilena que participará do Mundial Sub-20, a partir de domingo na Argentina, foram detidos na madrugada de quarta-feira. Eles estavam num prostíbulo clandestino em Santiago, que já havia sido fechado pela polícia. Depois de passarem algumas horas na delegacia, os atletas foram liberados, mas terão que comparecer ao tribunal no dia 29 de junho. Jaime Valdés, Sebastián Pardo, Rodrigo Millar, Mario Salgado, Joel Soto, Adán Vergara, Jhonny Herrera e Hugo Droguett foram os atletas flagrados no prostíbulo. Dos oito, apenas Vergara não é titular da seleção. O porta-voz da polícia chilena revelou que os jogadores não cometeram nenhum delito, só estavam no lugar errado, e não têm porque se preocuparem com o caso na Justiça.Como a seleção não estava em regime de concentração, os jogadores também não irão receber nenhuma grande punição do técnico Héctor Pinto. A única medida da Federação Chilena será não pagar para os oito o prêmio conseguido com uma eventual boa campanha no Mundial da Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.