Atletas japoneses prestam homenagem às vítimas do tsunami de 2011

Atletas do Sanfrecce Hiroshima deitaram no gramado para formar um '11.3' após gol da equipe

O Estado de S. Paulo

11 de março de 2014 | 20h37

SÃO PAULO - Os jogadores do Sanfrecce Hiroshima prestaram nesta terça-feira uma homenagem às vítimas do terremoto e do tsunami, que há exatos três anos deixaram mais de 18 mil mortos e desaparecidos na região norte do Japão.

Após o time japonês abrir o placar contra o Central Coast Mariners, da Austrália, todos os 11 jogadores da equipe se juntaram no campo de ataque para formar um "11.3" no gramado. Um dos atletas permaneceu em pé, rezando.

Mesmo com o gol marcado por Tsukasa, o Sanfrecce Hiroshima perdeu a partida válida pela segunda rodada do Grupo F da Liga dos Campeões da Ásia, disputada em território australiano. Sterjovski marcou os dois gols do Mariners.

A terça-feira foi marcada por diversas homenagens no Japão. Em muitos locais do país, os japoneses fizeram um minuto de silêncio às 14h46 locais (2h46 de Brasília) - mesmo horário do início do terremoto de 9 graus na escala Richter, responsável por um dos piores acidentes nucleares da história, em Fukushima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.