Atletas que jogaram Copa podem ficar fora de Olimpíada

Uma nova restrição pode limitar ainda mais a presença de astros internacionais na disputa do futebol na Olimpíada. Joseph Blatter, presidente da Fifa, revelou que cogita a possibilidade de vetar a presença de jogadores que já participaram de alguma Copa do Mundo.

AE-AP, Agencia Estado

15 de junho de 2009 | 12h06

Em resposta ao mal-estar expressado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) diante da proposta de autorizar a participação de menores de 21 anos, Blatter revelou a possibilidade da adoção de uma nova regra. O COI ameaçou reduzir a duração do futebol na Olimpíada caso fosse a imposta a limitação para atletas com mais de 21 anos.

Segundo o dirigente, Issa Hayatou, vice-presidente da Fifa, que é integrante do COI, integrará uma comissão que analisará o assunto. "O que se discutirá será isso: limitar o torneio para jogadores de 23 ou 21 anos, ou voltar ao sistema usado em 1984, em Los Angeles, e em 1988, em Seul", indicou.

"Qualquer um poderia jogar, exceto aqueles que estiveram em Copas do Mundo", explicou. "Naquela ocasião (1984 e 1988), essa norma não se aplicava na África e Ásia, mas agora afetaria todo mundo. Não haveria limites, mas não estariam os melhores jogadores. Será uma oportunidade para que surjam novos jogadores".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolOlimpíadaJoseph Blatter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.