JuanJo Martín/EFE
JuanJo Martín/EFE

Atlético de Madrid bate Roma e segue na briga pelas oitavas da Liga dos Campeões

Equipe espanhola respira no Grupo C, mas ainda está em situação complicada para se classificar às oitavas

Estadão Conteúdo

22 Novembro 2017 | 20h06

O Atlético de Madrid manteve-se vivo na disputa da classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões nesta quarta-feira. Diante de sua torcida e com a corda no pescoço, a equipe derrotou a Roma por 2 a 0, na Espanha, e levou a decisão da segunda vaga do Grupo C na próxima fase para a última rodada.

+ Neymar marca dois, PSG faz sete no Celtic e continua soberano na Liga dos Campeões

+ Barça empata com a Juventus, garante ponta e vai às oitavas da Liga dos Campeões

O único já classificado é o Chelsea, que goleou mais cedo o Qarabag, por 4 a 0, e chegou a 10 pontos, na liderança da chave. Na segunda colocação, aparece agora a Roma, que tem oito. O Atlético é o terceiro, com seis, enquanto o Qarabag já assegurou a lanterna, com apenas dois.

Mesmo ainda vivo, o Atlético depende de um "milagre" para ir às oitavas. Será necessário vencer o Chelsea na Inglaterra, no dia 5 de dezembro, e torcer para que a Roma não passe pelo frágil Qarabag, em casa, no mesmo dia. Somente assim, os espanhóis ultrapassariam os italianos e ficariam com a segunda vaga.

Mas se a chance é pequena, seria inexistente se o Atlético não vencesse nesta quarta. Por isso, o time espanhol foi para cima, ocupou o campo da Roma, só que parou na forte retranca do adversário e pouco criou na etapa inicial.

+ Com arbitragem polêmica e 2 gols de Willian, Chelsea goleia fora e vai às oitavas

No segundo tempo, a Roma passou a sair em contra-ataques e chegou a acertar a trave aos 19 minutos, com Nainggolan. Mas a resposta do Atlético foi fatal. Aos 23 minutos, Ángel Correa recebeu lançamento longo e conseguiu colocar a bola na área. Griezmann emendou de voleio, de primeira, para marcar um golaço.

A Roma, então, tentou sair em busca do empate, mas foi prejudicada pela expulsão de Bruno Peres aos 37 minutos, por entrada dura em Filipe Luis. Com um a mais, o Atlético aproveitou os espaços para matar o jogo dois minutos depois. Griezmann deu ótima enfiada para Gameiro, que driblou Alisson e finalizou para a rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.