Alberto Martín/EFE
Alberto Martín/EFE

Atlético de Madrid e Barça empatam em jogo morno e continuam empatados

Equipes terminam o primeiro turno do Campeonato Espanhol com 50 pontos

Agência Estado

11 de janeiro de 2014 | 19h05

MADRI - O aguardado jogo entre os líderes do Campeonato Espanhol, neste sábado, em Madri, ficou bem abaixo do esperado. Com Neymar e Messi entrando apenas no segundo tempo, poupados por Gerardo Martino, o Barcelona produziu muito pouco, parou em grande atuação de Miranda, e não saiu de um empate em 0 a 0 com o Atlético de Madrid, no Vicente Calderón.

Recuperado de uma lesão na coxa, Messi voltou diante do Getafe, quarta-feira, pela Copa do Rei, e marcou dois gols em 30 minutos. Assim, era esperado que ele fosse titular no jogo dos líderes do Espanhol, mas Martino só o lançou no intervalo, sacando Iniesta. Neymar, que teve gastroenterite no meio da semana, jogou só um quarto da partida, no lugar de Alexis Sánchez.

Nenhum dos dois, porém, protagonizou grandes lances. Comandado por Arda Turan, o Atlético de Madrid chegava com perigo, mas quase não exigia de Valdés. A melhor chance do primeiro tempo foi de Diego Costa, que falhou ao tentar desviar bom voleio de Miranda.

Na segunda etapa, com a entrada de Messi e Neymar, o Barcelona parece ter se interessado mais pelo jogo e buscou a vitória. Aos 35, Courtois defendeu chute do argentino e evitou a vitória dos visitantes.

O resultado é melhor para o Barcelona, que lidera o Espanhol pelo saldo de gols: tem 41 contra 36 do Atlético. Ambos têm 50 pontos, contra 44 do Real Madrid, que pega o Espanyol, fora de casa, no domingo.

A equipe catalã fecha o primeiro turno tendo vencido o Real Madrid e empatado com o Atlético quando jogou em Madri. No returno, vai receber os dois rivais. Na quinta, provavelmente com um time misto, a equipe visita o Getafe podendo perder por três gols para seguir na Copa do Rei. O Atlético de Madrid precisa vencer o Valencia em casa.

OUTROS JOGOS

Também neste sábado, o Athletic Bilbao recebeu o Almería e goleou por sonoros 6 a 1, mantendo o quarto lugar, com 36 pontos, a melhor posição possível depois dos inalcançáveis Barcelona, Real e Atlético. Em Vigo, o Celta fez 2 a 1 no Valencia e se afastou da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.