Atlético de Madrid empata com Rayo Vallecano pela Copa do Rei; Valencia goleia

Líder isolado do Campeonato Espanhol, o Atlético de Madrid utilizou um time reserva para encarar o Rayo Vallecano, nesta quarta-feira, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Rei. O resultado da estratégia do técnico argentino Diego Simeone gerou uma natural queda de rendimento da equipe e o resultado foi o empate por 1 a 1.

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2016 | 21h01

No primeiro tempo, o Rayo Vallecano jogou melhor e conseguiu abrir o placar aos 35 minutos com Nacho Martínez. O Atlético de Madrid reagiu na segunda etapa e conseguiu o empate, aos 22, com o gol de Saul Niguez.

Outros três duelos aconteceram nesta quarta-feira. Um deles foi o clássico da cidade de Sevilha e quem se deu bem foi o Sevilla. Mesmo jogando na casa do rival Betis, no estádio Benito Villamarín, venceu com autoridade por 2 a 0, levando uma enorme vantagem para a partida da volta na semana que vem, desta vez no seu Ramón Sánchez Pizjuán. Os gols foram de Michael Krohn-Dehli e Krychowiak, um em cada tempo.

Quem aplicou o placar mais elástico, e praticamente se garantiu nas quartas de final, foi o Valencia. Em casa, no estádio Mestalla, não deu qualquer chance para o Granada e goleou por 4 a 0. O nome do jogo do o centroavante Alvaro Negredo, autor de três gols - sendo dois em cobranças de pênalti. O atacante brasileiro naturalizado espanhol Rodrigo completou a goleada.

Por fim, o La Coruña viajou para encarar o Mirandés, clube que joga atualmente na segunda divisão espanhola, e ficou no empate por 1 a 1. Alex Ortiz fez o gols para os mandantes no primeiro tempo e Alberto Lopo deixou tudo igual para o time da Galícia na segunda etapa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.