Susana Vera/Reuters
Susana Vera/Reuters

Atlético de Madrid fica no 1 a 1 com o Sevilla e perde a chance de liderar

Time não aproveita o tropeço do Barcelona, que também empatou nesta rodada

Agência Estado

19 de janeiro de 2014 | 20h05

MADRI - O Atlético de Madrid entrou em campo neste domingo precisando apenas de uma vitória sobre o Sevilla em casa para assumir a ponta do Campeonato Espanhol. Beneficiado pelo empate do Barcelona mais cedo, contra o Levante, no entanto, o time da capital decepcionou e também não passou da igualdade em 1 a 1 com o adversário, pela 20.ª rodada da competição.

O resultado manteve o Atlético de Madrid empatado em número de pontos com o Barcelona, com 51, mas os catalães levam vantagem no saldo de gols e, por isso, lideram. Para piorar, o Real Madrid colou e tem 50 pontos. No domingo que vem, o adversário do Atlético será o Rayo Vallecano, fora de casa. Por outro lado, o Sevilla pôde comemorar o empate e segue na sétima posição, com 31 pontos. No sábado, pegará o Levante em casa.

Se o resultado final não foi o esperado pelos torcedores do Atlético, o início de jogo foi do jeito que a torcida esperava. A equipe chegou ao primeiro gol aos 18 minutos, quando Godín aproveitou escanteio da esquerda e tocou para o meio. O goleiro Beto tirou de soco, mas a sobra ficou com David Villa, que fuzilou para a rede.

O gol fez os donos da casa se fecharem e o adversário cresceu. Fazio teve a chance do empate, mas ele só sairia aos 28 minutos do segundo tempo. Juanfran fez pênalti infantil em Bacca, ao puxar a camisa do atacante quando a bola foi levantada para a área. O árbitro marcou e Rakitic bateu para selar a igualdade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.