Juan Carlos Hidalgo/EFE
Juan Carlos Hidalgo/EFE

Atlético de Madrid goleia Sevilla e mantém perseguição

Time de Diego Simeone faz 4 a 0 em casa e segue atrás do líder Barcelona

AE, Agência Estado

25 de novembro de 2012 | 18h13

MADRI - O Atlético de Madrid chegou neste domingo à sua terceira vitória seguida no Campeonato Espanhol e manteve a sua perseguição ao líder Barcelona. Jogando em casa, no Vicente Calderón, o time do técnico Diego Simeone não tomou conhecimento do Sevilla e goleou por 4 a 0, comprovando mais uma vez que quer ser a segunda força da competição.

Como no outro confronto Madri x Sevilha da rodada o Real Madrid perdeu para o Betis, o Atlético de Madrid abriu oito pontos sobre o seu maior rival na disputa pelo segundo lugar. A equipe está empatada em pontos com o Barcelona, que joga na sequência e pode voltar a abrir folga.

O placar no Vicente Calderón foi aberto por Falcão Garcia que, aos 22 minutos, cobrou pênalti que ele mesmo sofreu, chegando a 11 gols na competição, um a menos que Cristiano Ronaldo e seis menos que Messi. No lance da falta, o argentino Fazio foi expulso e deixou o Sevilla com um jogador a menos.

Mesmo assim o Sevilla levou o contra-ataque que originou o segundo gol. Turan cruzou e Spahic, tentando cortar, mandou contra o próprio gol. O terceiro saiu depois de boa jogada da Diego Costa pela direita. Ele cruzou e Koke pegou de bate-pronto para fazer belo gol. Já nos acréscimos da partida, o brasileiro Miranda deixou o dele.

Também neste domingo, pela 13.ª rodada, Athletic Bilbao e Deportivo La Coruña empataram em 1 a 1 e se mantiveram mal na tabela. Os bascos estão em 14.º, já o Deportivo em 18.º, na zona de rebaixamento. Lanterna, o Espanyol perdeu mais uma, dessa vez para o Getafe, por 2 a 0, em Barcelona.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético de MadridSevilla

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.