Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Manuel Bruque/EFE
Manuel Bruque/EFE

Atlético de Madrid perde de virada e deixa Barcelona ainda mais perto do título

Resultado fez o conjunto madrilenho estacionar nos 64 pontos, a 11 do líder Barça

Estadão Conteúdo

18 de março de 2018 | 17h25

O Atlético de Madrid viu sua esperança de ainda brigar com o Barcelona pelo título nacional diminuir bastante neste domingo. Em duelo disputado na casa do Villarreal, o time dirigido por Diego Simeone saiu na frente, mas levou a virada e perdeu por 2 a 1, pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Espanhol

+ Messi marca, Barcelona ignora desfalques e vence Athletic Bilbao com facilidade

+ Após classificação histórica, Sevilla é derrotado pelo Leganés no Espanhol

O resultado fez o conjunto madrilenho estacionar nos 64 pontos, a 11 do líder Barça, que mais cedo havia derrotado o Athletic Bilbao (2 a 0). Lembrando que faltam apenas nove rodadas, ou seja, há 27 pontos em disputa. O Villarreal, por sua vez, segue firme na briga pela vaga direta à próxima edição da Liga Europa. Com 47 pontos, o time ocupa a quinta posição na tabela.

Depois da partida, Simeone falou a respeito da situação no campeonato e assumiu a culpa pelo tropeço do Atlético. "Tenho a sensação de que eu perdi a partida. Os jogadores fizeram um esforço tremendo, e eu não lhes pude ajudar com minhas decisões", lamentou-se o treinador argentino.

O vice-líder do campeonato ainda conseguiu largar em vantagem no placar, quando o francês Griezmann caiu na área após disputa com Jaume Costa, aos 19 minutos, e o árbitro viu pênalti. Apesar do protesto dos anfitriões, o próprio Griezmann converteu a cobrança: 1 a 0.

O Atlético se fechou e conseguiu neutralizar boa parte das ações ofensivas do Villarreal, que voltou do intervalo ainda mais avançado e disposto a estragar os planos de Simeone. A solidez defensiva da equipe visitante só foi quebrada aos 37 da etapa final, quando o atacante turco Unal aproveitou cruzamento vindo da direita e cabeceou com precisão no ângulo direito do goleiro Oblak.

Na base do abafa, o time amarelo partiu para o tudo ou nada e acabou premiado. Já nos acréscimos, em outro lance surgido de uma bola parada, Unal apareceu quase na pequena área para fazer o segundo gol e decretar a terceira derrota do Atlético no campeonato.

RUIM PARA OS DOIS

Um pouco mais cedo, Celta e Málaga não saíram do zero em Vigo. O resultado foi péssimo para as pretensões dos dois lados do confronto. Os donos da casa não conseguiram melhorar sua posição na tabela e encostar nos times que brigam por vagas na Liga Europa. Continuam com 39 pontos, na décima colocação. Por sua vez, o Málaga permanece na lanterna, com 14, e se vê cada vez mais próximo do rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.