Curto de La Torre/AFP
Curto de La Torre/AFP

Atlético de Madrid sofre, mas bate Bayer Leverkusen pela Liga dos Campeões

Morata fez o gol da vitória em um cruzamento do brasileiro Renan Lodi

Redação, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2019 | 17h09

O Atlético de Madrid sofreu, mas conseguiu uma importante vitória, nesta terça-feira, ao bater o Bayer Leverkusen por 1 a 0, no Wanda Metropolitano, na capital espanhola, pelo Grupo D da Liga dos Campeões. O único gol do jogo foi marcado por Alvaro Morata, aos 33 minutos da etapa final. O cruzamento foi do brasileiro Renan Lodi.

Com o resultado, o Atlético de Madrid chegou aos sete pontos na liderança e manteve o adversário alemão zerado na lanterna, pois foi derrotado nas três rodadas disputadas até aqui. Em 6 de novembro, as duas equipes voltam a medir forças na Alemanha. 

No outro confronto realizado mais cedo nesta terça-feira pela Liga dos Campeões, pelo Grupo C, Shakhtar Donetsk e Dínamo Zagreb empataram por 2 a 2, na Ucrânia. Yevheniy Konoplyanka abriu o placar para o time da casa, aos 17 minutos do primeiro tempo. Daniel Olmo empatou para os visitantes, aos 25 minutos.

Na etapa final, Mislav Orsic, de pênalti, virou o placar para a equipe croata, mas ainda havia tempo para a igualdade no placar. E ela veio aos 30 minutos, em uma jogada toda brasileira. Alan Patrick fez lindo passe para Dodô, que driblou o goleiro e empatou.

O resultado não foi bom para o Shakhtar, que soma os mesmos quatro pontos do Dínamo e ocupa a terceira posição do Grupo B, no qual o clube croata se manteve como vice-líder pelos critérios de desempate. Na próxima rodada, dia 6 de novembro, as equipes voltam a se enfrentar na Croácia. Manchester City x Atalanta é o outro duelo que fechará a terceira desta chave nesta terça-feira. O clube inglês já entrou em campo como líder isolado, enquanto a adversária italiana ocupa a lanterna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.