Atlético de Madrid vence o Benfica em Portugal e avança como líder do grupo

Com as duas vagas às oitavas de final já garantidas, Atlético de Madrid e Benfica entraram em campo nesta terça-feira em busca da primeira colocação do Grupo C da Liga dos Campeões. Mesmo atuando em Portugal, o time espanhol venceu o adversário por 2 a 1 e se classificou como campeão da chave.

Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2015 | 20h08

O resultado levou o Atlético a 13 pontos, três a mais que o Benfica, que passou como o segundo da chave. A terceira posição, e consequentemente a vaga na Liga Europa, ficou com o Galatasaray, que chegou a cinco pontos mesmo com o empate por 1 a 1 diante do Astana, em casa. Os casaques abandonam a competição na lanterna, mas com uma campanha honrosa, terminando com quatro pontos.

Sabedor da necessidade de vencer para faturar a primeira colocação, o Atlético ignorou o fato de atuar fora de casa e foi para cima do Benfica desde o início. Os espanhóis acabaram recompensados aos 33 minutos, quando Vietto recebeu pela lateral direita e rolou para Saúl Ñíguez, que tocou de canhota para a rede.

O gol assustou o Benfica, que não encontrava respostas. Já o Atlético ganhou a opção de atuar no contra-ataque, e foi assim que marcou o segundo na etapa final. Ferreira-Carrasco recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro para a área. Vietto se antecipou à zaga e desviou de leve.

Desesperado, o Benfica partiu com tudo para cima e até chegou a diminuir aos 30 minutos, quando Mitroglou recebeu bom passe de Raul Jiménez na área e girou sobre a marcação para marcar. Os portugueses ainda tentaram uma pressão nos minutos finais, mas o jogo ficou nisso.

GALATASARAY X ASTANA - Na Turquia, o Astana quase conseguiu um feito histórico. Logo na primeira participação de um clube casaque na história da Liga dos Campeões, os visitantes chegaram a abrir o placar contra o Galatasaray, mas cederam o empate e perderam a chance de irem à Liga Europa.

O gol do Astana saiu aos 17 minutos do segundo tempo, quando Twumasi recebeu cruzamento da direita e encheu o pé. Mas a alegria durou pouco, e o empate do Galatasaray veio somente dois minutos depois. Yilmaz foi lançado pela direita, o goleiro saiu mal e o turco ajeitou para Inan marcar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.