Divulgação/Redes Sociais
Divulgação/Redes Sociais

Atlético de Mogi completa 56 partidas seguidas sem vitórias e se isola como 'pior time do mundo'

Marca negativa supera os 55 jogos sem triunfos do Íbis, na década de 1980; equipe de Mogi das Cruzes não vence uma partida desde 2017

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2022 | 18h44

O título de “pior time do mundo” tem oficialmente um novo dono. O Atlético de Mogi foi derrotado mais uma vez neste sábado e chegou a ingrata marca de 56 partidas consecutivas sem conquistar uma única vitória. A sequência negativa supera o recorde de 55 jogos de jejum do Íbis, de Pernambuco, logrado na década de 1980.

A coroação da alcunha ainda veio com requintes de crueldade. Jogando em seus domínios, no estádio Nogueirão, a equipe de Mogi das Cruzes foi atropelada pelo Manthiqueira, por 6 a 0, em partida válida pela nona rodada da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, e se isolou no ranking de maior sequência sem vitórias. A última vez que o Atlético Mogi conquistou uma vitória foi no ano de 2017.

Neste período, a equipe somou 53 derrotas e 3 empates. Ainda teve sua defesa vazada com  221 gols, balançando as redes adversárias em apenas 24 oportunidades. A equipe fundada em 2004 disputa atualmente o equivalente ao quarto escalão do futebol em São Paulo.

Além de ter ultrapassado o Íbis no quesito, o Atlético de Mogi pode ampliar mais a ingrata marca ainda neste semestre. No próximo sábado, 25, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos do campeonato, a equipe visita o Flamengo de Guarulhos, terceiro colocado da chave. Na primeira partida entre as equipes, na quinta rodada do torneio, a equipe do interior foi derrotada por 2 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolIbis Sport ClubeAtlético Mogi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.