Sirli Freitas/ Chapecoense
Sirli Freitas/ Chapecoense

Atlético-GO bate Chapecoense de virada e volta a vencer após nove rodadas

Lanterna do Brasileiro, time de Goiás vira a partida fora de casa e reencontra o caminho da vitória

Estadao Conteudo

30 de julho de 2017 | 13h14

O Atlético-GO voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro após nove jogos. Na manhã deste domingo, o time de Goiás visitou a Chapecoense, na Arena Condá, pela 17ª rodada, e venceu por 2 a 1, de virada. Apesar do resultado, o Atlético segue na lanterna da competição, agora com 12 pontos. A Chapecoense, com 21, perdeu boa oportunidade de se aproximar da briga pelo G6.

Os mais de 9 mil torcedores presentes ao estádio em Chapecó saíram insatisfeitos e chegaram a vaiar a equipe no segundo tempo, especialmente o lateral-esquerdo Reinaldo, capitão da equipe neste domingo.

Ao contrário do que se imaginava, foi o Atlético quem mostrou mais poderio ofensivo e tomou a iniciativa do jogo desde o início. Mesmo assim, a partida não teve muitas chances reais de gol até o intervalo.

Na melhor oportunidade dos visitantes, Paulinho chegou a acertar o travessão em belo chute de primeira, pegando rebote após escanteio.

Impaciente, a torcida de Chapecó cobrou uma postura diferente da equipe da casa, que respondeu aos 40 minutos. Lucas Marques bateu escanteio da direita e o zagueiro Luiz Otávio completou de cabeça para abrir o placar.

Na segunda etapa, a partida continuou da mesma forma, com o Atlético mais presente no ataque e a Chapecoense tentando controlar o jogo, mas errando muito no meio-campo.

De tanto insistir, o time visitante conseguiu o gol de empate aos 22 minutos. Luiz Fernando fez grande jogada pela esquerda e rolou para Diego Rosa completar contra o gol vazio.

O gol fez o Atlético crescer ainda mais e, aos 38 minutos, Jorginho cruzou na cabeça de Gilvan, que ganhou da defesa da Chapecoense e cabeceou para o fundo do gol, virando a partida.

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Chapecoense recebe o Bahia, às 19h30, em Chapecó, e o Atlético enfrenta o Grêmio no Estádio Olímpico de Goiânia (GO), às 21h45.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE 1 x 2 ATLÉTICO-GO

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro (Luiz Antonio), Andrei Girotto, Lucas Marques (Penilla) e Seijas (Lourency); Arthur Caike e Túlio de Melo. Técnico: Vinícius Eutrópio.

ATLÉTICO-GO - Felipe Garcia; André Castro (Jonathan), Roger Carvalho, Gilvan e Bruno Pacheco; Paulinho (Silva), Igor, Andrigo, Jorginho e Diego Rosa; Niltinho (Luiz Fernando). Técnico: João Paulo Sanches (interino).

GOLS - Luiz Otávio, aos 40 minutos do primeiro tempo. Diego Rosa, aos 22, e Gilvan, aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luiz Antonio (Chapecoense); Diego Rosa (Atlético-GO).

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido de Souza (SP).

RENDA - R$ 208.285,00.

PÚBLICO - 9.744 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
atlético-GOfutebolChapecoense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.