Atlético-GO bate Guarani e dispara na liderança

O Atlético-GO venceu o ex-líder Guarani, por 3 a 1, nesta sexta-feira, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, e disparou na ponta da Série B do Campeonato Brasileiro. Como resultado, o time de Campinas acumulou seu quinto jogo sem vitória e já começa a ver sua posição na zona de acesso ameaçada.

AE, Agencia Estado

31 de julho de 2009 | 23h21

O time goiano chegou a sua quarta vitória seguida, alcançando os 32 pontos, quatro a mais que o Guarani, com 28. O time paulista segue provisoriamente na segunda colocação, mas pode cair na tabela no decorrer da rodada, no sábado.

A partida foi bastante disputada, que acabou decidida nos detalhes. Com um futebol bastante ofensivo no início, os goianos abriram o placar aos 27 minutos do primeiro tempo. Elias completou de cabeça um cruzamento de Chiquinho, da esquerda.

Depois disso, os donos da casa cresceram na base da vontade, mas chegaram ao empate apenas aos 19 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti de Ricardo Xavier. Precisando vencer para retomar a ponta, o Guarani foi ao ataque, mas se abriu na defesa.

Melhor para o Atlético, que chegou ao segundo gol, aos 27 minutos. Marcão ajeitou na área o cruzamento de Robston e bateu na saída do goleiro Douglas. No final, aos 47 minutos, o mesmo Marcão fez o terceiro.

Na próxima sexta-feira, às 21 horas, o Guarani vai até Ipatinga enfrentar o time da casa, no Estádio Ipatingão. Enquanto isso, o Atlético-GO joga contra o Ceará, no dia seguinte, às 16h10, no Estádio Castelão, em Fortaleza.

Ficha Técnica:

Guarani 1 x 3 Atlético-GO

Guarani - Douglas; Maranhão, Bruno Aguiar, Márcio Alemão e Andrezinho; Cléber Goiano (Nei Paraíba), Nunes (Fabinho), Glauber e Walter Minhoca (Luciano Santos); Caíque e Ricardo Xavier. Técnico: Vadão.

Atlético-GO - Márcio; Rafael Cruz, Leandro Amaro, Jairo e Chiquinho; Leandro Carvalho, Pituca (Fábio Gomes), Robston e Elias (Lindomar); Anailson (Marcão) e André Leonel. Técnico: Mauro Fernandes.

Gols - Elias, aos 27 minutos do 1.º tempo. Ricardo Xavier (pênalti), aos 19, Marcão, aos 27 e aos 46 minutos do 2.º tempo.

Cartões amarelos - Bruno Aguiar, Walter Minhoca, Márcio Alemão, Caíque (Guarani); Anailson, Robston, Marcão, Fábio Gomes (Atlético-GO).

Cartão vermelho - Glauber (Guarani).

Árbitro - Carlos Eugênio Simon (Fifa/RS).

Renda - R$ 58.017,00.

Público - 5.115 pagantes.

Local - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).D

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.