Guilherme Gonçalves/Divulgação
Guilherme Gonçalves/Divulgação

Atlético-GO confirma a demissão do técnico PC Gusmão

Treinador não resiste à sequência de quatro empates e cai após 18 jogos

Agência Estado

26 de outubro de 2013 | 18h09

GOIÂNIA - Depois de ficar no quarto empate consecutivo no Campeonato Brasileiro da Série B, a diretoria do Atlético Goianiense resolveu demitir o técnico Paulo César Gusmão. A decisão só foi confirmada neste sábado, mas a decisão foi tomada após a igualdade sem gols com a Chapecoense, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 32.ª rodada. Da reunião participaram o presidente do clube, Valdivino de Oliveira, o vice-presidente, Jovair Arantes, e o diretor de futebol, Adson Batista. O anúncio oficial aconteceu apenas neste sábado, pois os dirigentes ainda não tinham conversado com o técnico. Não há nomes cotados para ocupar o cargo.

PC Gusmão assumiu o Atlético no último dia 8 de agosto, na 14.ª rodada, contra o Ceará. Ao todo foram 18 jogos com quatro vitórias, sete empates e sete derrotas - com um aproveitamento de apenas 35%. O time goiano tem a pior campanha atuando como mandante. Paulo César Gusmão já é o quarto treinador do Atlético na temporada. Antes, comandaram o clube: Jairo Araújo, Waldemar Lemos e Renê Simões. Agora a diretoria procura um novo nome para terminar a temporada e tentar livrar o time do rebaixamento para Série C - no momento está na zona da degola, com apenas 32 pontos, em 17.º lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-GOPC GusmãoSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.