Atlético-GO derrota Figueirense e reage na Série B

O Atlético-GO quebrou um jejum de mais de um mês sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B neste sábado. Jogando em casa, pela sexta rodada, derrotou o Figueirense por 3 a 2. Com este resultado, o time goiano chegou aos dez pontos, na nona colocação. O clube de Florianópolis se manteve com sete pontos, na 13ª posição, depois de sofrer a segunda derrota consecutiva - na última rodada tinha perdido para o Guarani, em casa.

AE, Agencia Estado

13 de junho de 2009 | 18h57

O primeiro tempo foi completamente dominado pelo Atlético, que jogou com a marcação bem adiantada, não dando espaços para o Figueirense armar nenhuma jogada de perigo. O primeiro gol dos donos da casa aconteceu aos 13 minutos, quando a bola foi cruzada da esquerda, por Chiquinho, e Pituca apareceu com oportunismo na pequena área, e tocou para as redes. Aos 47, Wesley cobrou falta, Juninho dominou na pequena área e bateu forte, fazendo o segundo.

Na segunda etapa, o Figueirense melhorou e diminuiu logo aos três minutos, com Schwenck fazendo de cabeça. Só que aos cinco minutos, Anaílson foi lançado e bateu fraquinho. O goleiro Wilson aceitou, e a bola passou por baixo das suas pernas.

O time visitante ainda fez o segundo gol, aos 16 minutos, com Roger aproveitando a sobra. E o Figueirense ainda teve uma grande chance aos 40 minutos, em uma cobrança de pênalti. Mas Márcio defendeu a cobrança de Rafael Coelho, que continua com seis gols, agora dois atrás de Edivaldo, do Duque de Caxias.

Na próxima rodada, o Atlético-GO vai ter um duro desafio pela frente. No sábado, pela sétima rodada, às 16h10, o time terá o clássico contra o Vila Nova. O Figueirense entra em campo na sexta-feira, em casa, às 21 horas, contra o Paraná.

Ficha Técnica:

Atlético-GO 3 x 2 Figueirense

Atlético-GO - Márcio; Wesley, Gil, Jairo e Chiquinho; Agenor, Leandro Carvalho, Pituca e Anailson (Elias); Juninho (Brasão) e Marcão (André Leonel). Técnico: Mauro Fernandes.

Figueirense - Wilson; Carlinhos, Bruno Perone e Luciano Totó (Fernandes); Lucas, Roger, Ale, Pedrinho (Clodoaldo) e Egídio; Paulo Sérgio (Schwenck) e Rafael Coelho. Técnico: Roberto Fernandes.

Gols - Pituca, aos 13, e Juninho aos 47 minutos do 1.º tempo. Schwenck, aos 3, Anaílson, aos 5, e Roger, aos 16 minutos do 2.º tempo.

Cartões amarelos - Agenor, Gil (Atlético-GO); Egídio, Jairo, Luciano Totó (Figueirense).

Árbitro - João Batista de Arruda (RJ).

Renda - R$ 33.575,00.

Público - 2.131 pagantes.

Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.