Atlético-GO derrota o Guarani na estréia na Copa do Brasil

O Guarani não foi bem na sua estréia na Copa do Brasil ao perder para o Atlético Goianiense por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Mesmo assim, o resultado não foi considerado de todo ruim pelo técnico Waguinho Dias porque no jogo de volta, na próxima quarta, o time paulista pode vencer por 1 a 0 para seguir na competição.A idéia é aproveitar o regulamento da competição, já que o Guarani fez um gol fora de casa. ?Esta é uma competição atípica e temos que jogar em cima do que dizem as regras?, justificou Waguinho.Em campo, o time de Campinas foi sofrível. Saiu perdendo, aos 37 minutos, quando o juiz marcou um pênalti, anotando uma falta de Cleiton Mineiro sobre Rômulo. Na cobrança, Robston conferiu: 1 a 0. Mas o Guarani empatou aos 43 minutos, numa cobrança de falta de Lê que o zagueiro Cleiton Mineiro desviou de cabeça mesmo de costas para o gol. O juiz, porém, anotou gol de Lê.O time da casa reassumiu o placar logo aos quatro minutos do segundo tempo, quando a defesa rebateu um escanteio nos pés de Rômulo. Ele ajeitou e bateu no ângulo de Buzetto, que ainda fez três grandes defesas no jogo. Depois, o Guarani não teve forças para reagir.Ficha técnicaAtlético Goianiense 2 x 1 GuaraniAtlético Goianiense - Márcio (Fábio Noronha); Dida, Gilson, Jairo e Possato; Pituca, Wesley (Claudinho), Robston e Anailson (Renatinho); Rômulo e Fábio Oliveira. Técnico: Artur Neto.Guarani - Buzetto; Cleiton Mineiro, Márcio Rocha e Lino; Lucas, Macaé, Gustavo, Lê (Robinho) e Rogério (Rone Dias); Deyvid e Anderson (Tozin). Técnico: Waguinho Dias.Gols - Robston (pênalti), aos 37, e Lê, aos 43 minutos do primeiro tempo; Rômulo, aos quatro minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Fábio Noronha, Robston, Pituca, Wesley e Fábio Oliveira (Atlético Goianiense); Márcio Rocha, Cleiton Mineiro, Robinho e Lucas (Guarani). Árbitro - José Caldas de Souza (DF). Renda - R$ 37.465,00. Público - 3.267 pagantes. Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.