Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Atlético-GO e Mogi Mirim empatam e continuam na zona da degola da Série B

Atlético-GO e Mogi Mirim empataram por 1 a 1, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, na noite desta sexta-feira, na abertura da 12.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e não conseguiram deixar a zona de rebaixamento da competição.

Estadão Conteúdo

10 de julho de 2015 | 22h01

O resultado foi ruim para os dois times, pois eles seguem na zona de degola. O Mogi Mirim segue na lanterna com sete pontos, enquanto o Atlético-GO é o antepenúltimo, com nove. As equipes podem ficar ainda mais longe da parte de fora da degola com o

complemento da rodada neste sábado.

O início de jogo foi um retrato da posição dos times na Série B. Começo lento, sem criatividade. O Mogi Mirim ainda exibiu maior posse de bola, mas não teve capacidade de chegar ao campo de ataque. Sem Rivaldo para chamar a responsabilidade, o time

visitante praticamente não assustou.

A única boa chance da primeira etapa saiu em jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio, Marllon subiu entre os zagueiros e testou firme. O goleiro Daniel fez grande defesa para o Mogi. Por preciosismo, o time goiano não conseguiu abrir o placar. Geraldo ganhou na corrida, invadiu a área, mas preferiu tocar para o meio e perdeu grande chance.

O time goiano voltou com duas trocas no ataque e conseguiu abrir o placar logo aos cinco minutos. Juninho, uma das novidades para o segundo tempo, invadiu a área e bateu firme. Daniel espalmou nos pés de Arthur, que só teve trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Juninho comandou a pressão dos donos da casa. Ele criou outras duas oportunidades, mas parou no goleiro Daniel. Em meio às chances perdidas, os donos da casa eram senhores da partida e praticamente não corriam riscos. O Mogi procurava espaços em

contra-ataque para tentar se manter no jogo e conseguiu o empate em jogada de bola parada. Aos 32 minutos, após cobrança de falta da direita, Rivaldo Júnior subiu no meio dos defensores e marcou de cabeça. Nada mais mudou depois disso.

O Mogi Mirim volta a campo contra o Macaé, na próxima terça-feira, às 19h30, no Romildo Vitor Ferreira, no interior de São Paulo. Já o Atlético-GO joga contra o Santa Cruz, no sábado, no Estádio do Arruda, em Recife.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1 X 1 MOGI MIRIM

ATLÉTICO-GO - Márcio; Eduardo, Lino, Marllon e Samuel; Anderson Pedra (Rodrigo Maranhão), Pedro Bambu, Anderson Leite (João Denoni) e Aílton; Geraldo (Juninho) e Arthur. Técnico - Jorginho.

MOGI MIRIM - Daniel; Edson Ratinho, Fábio Sanches, Paulão e Luan; Magal, Henrique Motta (Rivaldo Júnior), Léo Bartholo e Gustavo Costa (Elvis); Serginho e Matheus Ortigoza (Junior Juazeiro). Técnico - Sérgio Guedes.

GOLS - Arthur, aos 5, e Rivaldo Júnior, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Cleisson Veloso Pereira (MG).

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Maranhão, Geraldo e Anderson Leite (Atlético-GO); Fábio Sanches, Léo Bertolo e Paulão (Mogi Mirim).

RENDA - R$ 9.240,00.

PÚBLICO - 486 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAtlético-GOMogi Mirim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.