Atlético-GO empata com Guarani e segue na lanterna

Atlético-GO e Guarani empataram por 1 a 1, neste sábado à noite, no Serra Dourada, em um dos jogos que abriram a 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time goiano somou oito pontos e se manteve na lanterna do Brasileirão. Já a equipe campineira somou 15 e, por enquanto, sobe para a décima posição.

RUBENS SANTOS, Agência Estado

31 de julho de 2010 | 21h33

No primeiro tempo, tentando superar a crise pela saída do técnico Roberto Fernandes, o Atlético-GO subiu para o ataque e logo marcou. Rodrigo Tiuí fez 1 a 0 aos 4 minutos, aproveitando jogada em velocidade pela direita, com Anailson e Dida, após cruzamento de Thiago Feltri.

A reação do Guarani não tardou. Aos 17 minutos, Mazola aproveitou o bate-rebate na entrada da grande área para chutar no ângulo direito e mandar a bola pro fundo da rede e fazer 1 a 1. Contra-atacando mais, os goianos conseguiram passar pela zaga adversária, mas pararam no goleiro Douglas, aos 24 com Rodrigo Tiuí, e aos 35 com Pedro Paulo.

Na única vez que superou o goleiro, aos 46 minutos, Rodrigo Tiuí driblou e bateu com o gol vazio, mas foi traído pelo morrinho artilheiro. "O gramado está cheio de buracos, e isso nos ajudou. ele me driblou, mas chutou pra fora", festejou Douglas no intervalo.

No segundo tempo, o Atlético-GO não aproveitou a excessiva cautela do Guarani. Se impôs no meio-campo, dominou o jogo, mas falhou nas finalizações.

O time goiano perdeu gols fáceis aos 27min com Daniel Marques, e aos 39min com Thiago Feltri. O Guarani, por sua vez, aos 14 minutos com Fabão cobrando falta, e aos 18 com Mazola, perdeu as melhores chances de marcar.

Com o empate, o Atlético-GO, que é um time de orçamento curto e elenco reduzido, tentará arrumar a casa e um novo treinador. "Não podemos jogar a toalha, vamos manter a busca pela vitória e sair da zona de rebaixamento", disse o volante Ramalho, pivô da queda do treinador Roberto Fernandes.

Agora, e após duas rodadas sem vencer, as duas equipes tentam a reabilitação na próxima rodada. No próximo sábado, o Guarani recebe o Avaí, no Brinco de Ouro, em Campinas. Já o Atlético-GO pega o Ceará, no dia 8 de agosto, no Castelão.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-GO 1 x 1 Guarani

Atlético-GO - Márcio; Dida, Welton Felipe, Daniel Marques e Thiago Feltri; Agenor, Ramalho, Robston (Carlinhos Bala) e Anaílson; Pedro Paulo (Juninho) e Rodrigo Tiuí (Marcão). Técnico: Reinaldo Gueldini.

Guarani - Douglas; Apodi, Rodrigão, Fabão e Márcio Careca; Renan, Paulo Roberto (Maycon), Baiano e Mário Lúcio (Fábio Souza); Mazola e Diogo (Ricardo Xavier). Técnico: Vágner Mancini.

Gols: Rodrigo Tiuí aos 4 minutos; Mazola aos 17 minutos do primeiro tempo.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS).

Cartões Amarelos: Apodi.

Renda: R$ 35.470,00.

Público: 2.340 pagantes.

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.