Divulgação/ Twitter Atlético Clube Goianiense
Divulgação/ Twitter Atlético Clube Goianiense

Atlético-GO enfrenta Fortaleza para retomar fase positiva no Brasileirão

Sem vencer há três jogos no Brasileirão, equipe de Goiânia se vê ameaçada novamente pela zona de rebaixamento

Redação, Estadão Conteúdo

04 de outubro de 2020 | 15h24

O Atlético-GO vinha reagindo no Campeonato Brasileiro, mas já acumula três jogos sem vitória e precisa encerrar o jejum neste domingo, contra o Fortaleza, na Arena Castelão, para não correr o risco de se aproximar da zona de rebaixamento.

Com uma derrota para o líder Atlético-MG, por 4 a 3, e dois empates seguidos - Botafogo e Corinthians -, o Atlético-GO tem 14 pontos e está próximo da zona de classificação para a Copa Sul-Americana, mas um novo tropeço pode fazer o time perder posições importantes.

O único desfalque é o meia Matheus Vargas, que não poderá atuar por questão contratual, já que está emprestado ao Fortaleza. Apesar de entrar constantemente, ele vem sendo reserva com o técnico Vagner Mancini, que conta com voltas importantes.

O zagueiro João Victor e o atacante Janderson, que não atuaram contra o Corinthians também por questão contratual, estão à disposição, mas não sabem se serão titulares. Outra dúvida de Vagner Mancini é entre Zé Roberto e Hyuri no sistema ofensivo.

"Estou satisfeito em termos do que tenho visto, mas não em termos de pontuação. Fizemos grandes jogos, só que a pontuação é baixa. A partir do momento que você cria chances e não marca, você assume o risco de perder. Mas temos um padrão de jogo muito interessante", disse Mancini.

Um dos destaques do Atlético-GO no Brasileirão, o goleiro Jean prorrogou seu contrato de empréstimo até fevereiro, quando termina o campeonato. Ele pertence ao São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.