Atlético-GO faz 1 a 0 no Ceará e tem 100% de aproveitamento na Série B

O Atlético-GO garantiu, na noite desta terça-feira, sua terceira vitória por 1 a 0 no Campeonato Brasileiro da Série B, em três partidas disputadas. A nova vítima foi o Ceará, em plena Arena Castelão. O resultado manteve os 100% de aproveitamento do time goiano, na ponta da tabela. O Ceará, por sua vez, conheceu sua primeira derrota, ficando com quatro pontos.

Estadão Conteúdo

24 de maio de 2016 | 21h32

Nesta terça, o Ceará foi para o abafa logo nos primeiros minutos. Na base da pressão, Sandro quase abriu o marcador. O defensor recebeu livre dentro da área e chutou para grande defesa de Klever.

Durante um primeiro tempo muito equilibrado e com o Atlético marcando atrás da linha do meio de campo, a melhor chance foi cearense, aos 22 minutos, quando Felipe aproveitou a sobra dentro da área e mandou na trave. O clube goiano apostou no contra-ataque para surpreender o rival fora de casa, mas foi para o intervalo com 0 a 0 no placar.

O segundo tempo até começou mais movimentado, mas o Ceará abusava dos passes errados. O Atlético, por sua vez, se abriu e foi em busca da vitória. O clube goiano impressionava com seu volume de jogo e acabou surpreendendo o rival aos 37 minutos. William Schuster fez lançamento preciso para Luiz Fernando. O atacante chutou cruzado para fazer o primeiro. Na comemoração, levantou a camisa e acabou expulso.

Com um jogador a mais, o Ceará voltou a ficar com a posse de bola e saiu para a pressão em cima do adversário. Aos 44 minutos, Sandro teve duas oportunidades de deixar tudo igual. Mas quando não parou no goleiro Marcão, viu Romário salvar em cima da linha.

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o Avaí no sábado, às 16h, na Ressacada, em Florianópolis (SC). No mesmo dia e horário, o Atlético-GO recebe o Vila Nova no duelo estadual no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 1 ATLÉTICO-GO

CEARÁ - Éverson; Tiago Cametá, Sandro, Antônio Carlos e Thallyson (Eduardo); Richardson, Marino, Felipe e Tomas Bastos (Alex Amado); Serginho (Assisinho) e Rafael Costa. Técnico - Sérgio Soares.

ATLÉTICO-GO - Klever (Marcão); Matheus Ribeiro, Marllon, Lino e Romário; Michel, Pedro Bambu, Luiz Fernando, Magno Cruz (Eduardo) e Gilsinho (William Schuster); Júnior Viçosa. Técnico - Marcelo Cabo.

GOL - Luiz Fernando, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Philip Georg Bennett (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Pedro Bambu e Magno Cruz (Atlético-GO); Felipe (Ceará).

CARTÃO VERMELHO - Luiz Fernando (Atlético-GO).

RENDA - R$ 56.896,00.

PÚBLICO - 7.074 pagantes.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato Brasileiro da Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.