Atlético-GO faz 3 a 1 no Vila Nova e 'dorme' no G-4 da Série B

Com a quinta vitória seguida na competição, time goiano sube para a quarta colocação com 52 pontos, e desbanca o Avaí na tabela

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 21h49

Pela primeira vez após 11 rodadas, a zona de classificação à Série A do Campeonato Brasileiro tem um novo integrante. Este é o Atlético-GO, que venceu o clássico contra o Vila Nova, por 3 a 1, de virada, no Estádio do Serra Dourada, pela 33ª rodada da Série B, com direito a gol de Junior Viçosa. O atacante estava há dois meses longe dos gramados.

Com a quinta vitória consecutiva na competição, o Atlético subiu para a quarta colocação com 52 pontos, e desbancou o Avaí. Os dois times têm campanhas praticamente idênticas. São 15 vitórias, sete empates e 11 derrotas, com seis gols de saldo. A vantagem do time goiano sobre o catarinense é no número de gols marcados: 49 a 43.

Além disso, o Atlético tem um ponto a mais que Santa Cruz e dois acima do Ceará, que ainda jogam na rodada. Já o Vila Nova está virtualmente rebaixado, com a penúltima colocação com 26 pontos. A Portuguesa, com apenas 21 pontos, já caiu para a Série C.

Sonhando em entrar no G-4, o Atlético tomou a iniciativa do clássico contra o Vila Nova, mas não conseguia chegar com perigo. Aos poucos, o Vila Nova foi gostando do jogo e chegou a abrir o marcador aos 33 minutos. Christiano disparou pelo lado esquerdo de campo, entrou na área e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Márcio.

Após o gol, o Atlético acordou, saiu para o jogo e empatou aos 40 minutos. Jorginho dominou pela direta e cruzou na cabeça de Kayke, que testou firme para deixar tudo igual. A virada saiu quatro minutos depois. Em mais um lançamento de Jorginho, Diogo Campos recebeu na frente de André Luis e tocou para o fundo das redes.

Na segunda etapa, a partida caiu de produção e as chances de gols ficaram cada vez mais escassas. Em uma das poucas oportunidades do Atlético, André Luis parou em seu xará, que fez grande defesa. Mas, aos 37 minutos, Júnior Viçosa, que voltava após dois meses fora dos gramados por conta de uma lesão, fez um golaço, chutando no ângulo do Vila Nova e dando números finais ao confronto.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Ceará na sexta-feira, às 21h, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). O Vila Nova tem pela frente o Paraná no dia 8 de novembro, às 21h, no Estádio do Serra Dourada, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-GO 3 x 1 VILA NOVA

ATLÉTICO-GO - Márcio; Caramelo, Artur, Lino e Thiago Feltri (Victor); William Arão, Pedro Bambu, Thiago Primão e Jorginho; Diogo Campos (André Luis) e Kayke (Júnior Viçosa). Técnico: Wagner Lopes.

VILA NOVA - André Luís; Arthur (Wanderson Lima), Gabriel, Gustavo e Christiano; Leonardo, Felipe Macena (Ítallo), Léo Rodrigues, Paulinho e Nenê Bonilha; Dimba (Jaime). Técnico: Wladimir Araújo.

GOLS - Christiano, aos 34, Kayke, aos 41 e Diogo Campos, aos 44 minutos do primeiro tempo. Júnior Viçosa, aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Diogo Campos (Atlético-GO); Arthur, Gabriel, Felipe Macena e Nenê Bonilha (Vila Nova).

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAtlético-GOVila Nova

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.