Atlético-GO goleia o Brasiliense e se mantém no G-4

O Atlético Goianiense confirmou a sua posição no G-4, o grupo de acesso, do Campeonato Brasileiro da Série B ao golear o Brasiliense por 5 a 1, nesta sexta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. O jogo foi válido pela 32.ª rodada.

AE, Agencia Estado

23 de outubro de 2009 | 23h37

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com a goleada, o Atlético se manteve na quarta colocação, com 56 pontos, cinco a mais que o Figueirense, quinto colocado e com um jogo a menos. Já o Brasiliense segue no meio da tabela de classificação, na 11.ª colocação, com 41 pontos.

A goleada começou a se formar quando o Atlético colocou velocidade no jogo. Aos 15 minutos, Wesley recebeu na entrada da área e bateu. A bola desviou na zaga e entrou. No minuto seguinte, Elias bateu falta na cabeça do zagueiro Antônio Carlos para fazer 2 a 0.

O time da casa seguiu em cima e, aos 19 minutos, Elias, o melhor em campo, bateu falta com efeito e marcou o terceiro do time goiano. Por fim, aos 21, Marcão roubou a bola de Moacri e tocou na saída do goleiro Guto. Artilheiro do Atlético na Série B, com 11 gols, Marcão voltou a marcar após 12 rodadas de jejum.

No segundo tempo, o Brasiliense voltou disposto e quase marcou com Juninho. Mas foi o Atlético que ampliou o marcador. Chiquinho puxou contra-ataque e deixou Anaílson na cara do gol. O camisa 10 driblou o goleiro Guto e marcou o quinto do Atlético, aos 15 minutos.

Três minutos depois, a zaga do Atlético falhou. O atacante Fábio Junior recebeu cruzamento e desviou para as redes - 5 a 1, placar final.

Na 33.ª rodada, o Atlético enfrenta o Duque de Caxias, fora de casa, na próxima sexta, às 21 horas. Já o Brasiliense recebe o Figueirense, no dia seguinte, às 16h10.

ATLÉTICO-GO 5 X 1 BRASILIENSE

Atlético-GO - Márcio; Paulo Ricardo (Leandro Amaro), Antônio Carlos, Gilson e Chiquinho; Agenor, Robston, Wesley (Lindomar) e Anailson; Elias e Marcão (Juninho). Técnico: Artur Neto.

Brasiliense - Guto; Júlio César (Anderson Santos), César Gaúcho, Moacri e Edinho; Juninho, Coquinho, Thiaguinho (Anderson Silveira) e Iranildo; Fábio Junior e Ricardinho (Chimba). Técnico: Reinaldo Gueldini.

Gols - Wesley, aos 15, Antônio Carlos, aos 16, Elias, aos 19, e Marcão, aos 21 minutos do primeiro tempo; Anaílson, aos 15, e Fábio Junior, aos 18 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Chiquinho e Antônio Carlos (Atlético-GO); Thiaguinho e Júlio César (Brasiliense).

Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ).

Renda - R$ 34.755,00.

Público - 3.123 pagantes.

Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.