Atlético-GO muda para buscar a primeira vitória

Em campo, o persistente jejum de vitórias já irritou a torcida. Fora dele, uma crise política divide o clube. Mesmo cercado de problemas, o Atlético-GO tenta reagir no Brasileirão contra o invicto Fluminense, neste domingo, a partir das 18h30, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

RUBENS SANTOS, Agência Estado

24 de junho de 2012 | 07h17

O goleiro Márcio acredita na reação com uma vitória neste domingo, para tentar sair da zona de rebaixamento - o time goiano está com apenas dois pontos. "Precisamos vencer para superar essa situação toda, a pior já vivida na Série A", afirmou o jogador, um dos líderes do elenco atleticano. "O tempo está passando, não temos mais prazo para novas derrotas", disse o atacante Marcão.

A aposta pela reação no campeonato levou o técnico Hélio dos Anjos a fazer mudanças no time. Para encarar o Fluminense, ele trocou o lateral-direito Joilson por Marcos e o zagueiro Paulo Henrique por Gabriel. No meio-de-campo, saem os volantes Pituca (suspenso) e Fernando Bob (impedido de jogar por contrato) e entram Joilson e Ernandes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-GO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.