Atlético-GO quebra jejum e derrota o Bragantino por 1 a 0 fora de casa

Depois de ficar sem vencer por seis jogos e acumular seis derrotas fora de casa, o Atlético Goianiense reverteu a situação ao bater o Bragantino por 1 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Estadão Conteúdo

25 de julho de 2015 | 00h06

O resultado foi justo, deixando o time paulista com a sua segunda derrota consecutiva porque tinha caído diante do Luverdense. Por isso, continua com 16 pontos, por enquanto em 11.º lugar. O clube goiano, mesmo ganhando, continua na zona do rebaixamento, mas saiu da penúltima posição para o 17.º lugar, com 12 pontos.

Após a demissão do técnico Jorginho, o Atlético foi dirigido de forma interina por Gilberto Pereira, do time sub-20. Mesmo jogando fora de casa, foi melhor durante o jogo. Marcou bem, soube os momentos certos de ir ao ataque e pouco permitiu chances aos atacantes paulistas.

O estreante Júnior Viçosa foi o seu principal jogador, sendo procurado sempre pelo último passe de seus companheiros. No primeiro tempo, ele teve duas finalizações importantes, uma delas de cabeça aos 37 minutos pelo alto e que obrigou Douglas a espalmar para escanteio por cima do travessão.

No começo do segundo tempo saiu o gol atleticano, aos quatro minutos. Juninho desceu livre pelo lado direito, caminhou com a bola e cruzou em direção à grande área. Feijão abriu as pernas, fez o corta-luz e Júnior Viçosa apareceu para o chute. Como tinha chovido muito antes do jogo, a bola estava lisa e escapou das mãos do goleiro Douglas, que falhou no lance. Mas tem crédito porque salvou o time em vários jogos.

A partir daí, o Bragantino se lançou ao ataque e teve duas finalizações, mas ambas para fora. Uma com Chico e outra com Rodolfo. Isso debaixo de uma forte chuva. Em um contra-ataque, aos 26 minutos, quase Geraldo ampliou, mas desta vez Douglas espalmou.

A troca equivocada de Júnior Viçosa por Weverton deixou o Atlético mais atrás, chamando o time paulista para cima. O Bragantino ainda tentou várias vezes finalizar com Jocinei, mas sempre para fora e não conseguiu chegar ao empate.

A 15.ª rodada será toda disputada na próxima terça-feira. O Bragantino vai sair diante do Mogi Mirim, às 19h30, enquanto que o Atlético volta a atuar em casa, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 21h50, diante do CRB.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 0 x 1 ATLÉTICO-GO

BRAGANTINO - Douglas; Rodney, Gilberto, Luan e Roberto; Bruno Costa (Samuel), Jocinei e Sandro Silva; Chico (Johnathan), Isaac (Lincoln) e Rodolfo. Técnico: Wagner Lopes.

ATLÉTICO-GO - Márcio; Éder Sciola, Marllon, Samuel e Eron (Anderson Pedra); Feijão, Pedro Bambu, Willie e Jorginho; Juninho (Geraldo) e Júnior Viçosa (Werveton). Técnico: Gilberto Pereira (interino).

GOL - Júnior Viçosa, aos 4 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bruno Costa, Gilberto e Jocinei (Bragantino); Juninho, Geraldo, Feijão e Samuel (Atlético-GO).

ÁRBITRO - Célio Amorim (SC).

RENDA - R$ 4.170,00.

PÚBLICO - 354 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBragantinoAtlético-GO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.