Atlético-GO surpreende e vence Coritiba no Couto Pereira

Apontado como sensação no futebol nacional por causa da campanha vitoriosa no início da temporada, o Coritiba não fez jus à fama em sua estreia no Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando com a equipe titular, atuou mal e foi surpreendido pelo Atlético-GO, neste domingo, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense, ao ser derrotado por 1 a 0, com gol de Marcão, aos 28 minutos da etapa final.

JULIO CESAR LIMA, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 18h36

O time alviverde começou a partida com ritmo intenso, pressionando, mas a marcação da equipe goiana conseguia anular as principais peças de armação do time da casa.

Com Davi e Rafinha anulados e Léo Gago em tarde pouco inspirada, o Coritiba não conseguia repetir suas atuações anteriores. O melhor momento da equipe aconteceu somente aos 23, em chute de Bill, enquanto Felipe, aos 46, recebeu uma bola da zaga do Coritiba, mas não concluiu com qualidade.

Na segunda etapa, Marcelo Oliveira trocou seus laterais Jonas e Lucas Mendes para as entradas de Willian e Geraldo, mas a movimentação continuou ficando abaixo do esperado.

O time da casa voltou a pressionar aos 21, quando Bill perdeu um gol na linha da pequena área, sem marcação, após passe de cabeça de Rafinha. O castigo chegou aos 28, quando o meia-atacante Felipe Brisola puxou um contra-ataque e tocou para o lateral Thiago Feltri, que cruzou para o centro da área, onde o atacante Marcão se antecipou à zaga e marcou o gol da vitória.

No final da partida, o atacante Bill foi econômico nas palavras. Segundo ele, ainda há muito campeonato a ser jogado. "Nada deu certo hoje (domingo), mas vamos ter muito jogo pela frente".

Segundo o meia Rafinha, o Coritiba precisa tirar como lição da derrota a necessidade de manter a calma. "Não adianta a gente querer atacar (o Ceará, no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil) de qualquer jeito. Temos dois dias para trabalhar e descansar para quarta-feira conseguirmos a classificação", disse.

Já Felipe Brisola preferiu espantar a desconfiança que ronda a equipe do Atlético-GO. "Antes de começar o campeonato éramos candidatos ao rebaixamento, mas conversamos sobre isso e somos nós que vamos conquistar os nossos objetivos".

FICHA TÉCNICA:

Coritiba 0 x 1 Atlético-GO

Coritiba - Edson Bastos; Jonas (Willian), Cleiton, Emerson e Lucas Mendes (Geraldo); Leandro Donizete, Leo Gago, Rafinha e Davi, Anderson Aquino (Everton Costa) e Bill. Técnico: Marcelo Oliveira.

Atlético-GO - Márcio (Roberto); Adriano, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Ramalho (Preto) e Vítor Junior (Felipe Brisola); Felipe e Marcão. Técnico: Paulo Cesar Gusmão.

Gol: Marcão, aos 28 minutos do segundo tempo.

Árbitro: Cleber Wellington de Abade (Fifa-SP)

Cartões amarelos: Felipe, Cleiton e Ramalho.

Renda: R$ 210.880,00.

Público: 18.198 (16.546 pagantes).

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.