Atlético-GO vence nos pênaltis e elimina Figueirense

Time do Centro-Oeste avança na Copa Sul-Americana e pela primeira vez na história vai fazer uma partida internacional

O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2012 | 21h49

FLORIANÓPOLIS - Último e antepenúltimo colocados do Campeonato Brasileiro, Figueirense e Atlético-GO fizeram um duelo emocionante nesta quinta-feira, em Florianópolis, no jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. E quem levou a melhor foi o time goiano, que repetiu o empate em 1 a 1 da partida de ida e, nos pênaltis, conquistou a vaga com vitória por 4 a 2.

Com a bola rolando, o Figueirense foi melhor. Na primeira etapa, foram pelo menos quatro chances desperdiçadas até que Túlio abrisse o placar. O volante pegou sobra na área e bateu rasteiro, no canto direito do goleiro Márcio, fazendo 1 a 0 para os donos da casa.

Precisando do empate para levar o jogo para os pênaltis, o Atlético-GO abdicou da postura defensiva do primeiro tempo e jogou mais à frente na etapa final. O time visitante foi recompensado aos 13 minutos. Felipe cobrou falta na área na cabeça de Gustavo, que cabeceou bem e encobriu Ricardo.

Nos pênaltis começou brilhando o goleiro Ricardo, substituto do poupado Wilson. Marcos bateu no ângulo, mas o goleiro pegou. O Atlético deixou tudo igual quando Fernandes, que entrou só para cobrar o pênalti, foi mal em sua cobrança e mandou na mão de Márcio.

O goleiro do time goiano, aliás, resolveu. Depois de pegar a cobrança de Fernandes, ele também impediu o gol de João Paulo. Na batida seguinte, pegou a bola e colocou no canto de Ricardo, deixando o Atlético em vantagem. O gol que fechou a série em 4 a 2 foi marcado por Patric. Louco Abreu, poupado, acabou fazendo falta ao time de Santa Catarina.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolFigueirenseAtlético-GO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.