Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Atlético-GO vira para cima do Brasil-RS e volta a sonhar com acesso na Série B

Com o resultado, clube goiano chega ao quinto lugar e fica a três pontos do CSA

O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2018 | 23h42

O Atlético-GO voltou à briga pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Brasil-RS de virada pelo placar de 2 a 1, em partida realizada nesta terça-feira, pela 32.ª rodada, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

O resultado levou o time goiano para a quinta posição com 48 pontos, a três do CSA, o quarto colocado. Já o Brasil-RS perdeu a oportunidade de encaminhar a permanência na segunda divisão nacional e terminou o dia em 15.º lugar, com 37. Na zona de rebaixamento, o CRB tem 32.

O primeiro tempo começou com muita vontade de ambos os lados. Com objetivos diferentes na competição, os times não economizaram nas tentativas de gols. O primeiro, para o Brasil-RS, quase saiu aos 29 minutos. Diego Miranda arriscou o chute, mas o goleiro Klever foi buscar.

Embalado por seus torcedores, o Brasil-RS continuou pressionando e abriu o placar aos 40 minutos. Após bate e rebate dentro da área do visitante, a bola sobrou limpa para Itaqui, que encheu o pé e mandou no fundo das redes. Apesar de sair atrás do placar, o time goiano não ficou apenas assistindo. O Atlético Goianiense chegou a criar boas oportunidades, mas não chegou ao gol.

No segundo tempo, porém, o panorama mudou. O Brasil-RS começou a administrar o resultado, mas acabou surpreendido pelo Atlético Goianiense. Aos 22 minutos, Júlio César apareceu de frente para o gol e tocou por cima do goleiro Marcelo Pitol para deixar tudo igual.

O time gaúcho acabou sentindo o gol e deu ainda mais espaço para o Atlético Goianiense, que acabou virando. Aos 31 minutos, André Luís recebeu na segunda trave e cabeceou para o gol, sem chances para Marcelo Pitol.

O Brasil-RS tentou uma reação no final, mas não conseguiu passar pela marcação goiana. No chute de Welinton Júnior, a bola foi por cima do gol de Klever, junto com qualquer esperança de empate do time gaúcho.

Na próxima rodada, o Brasil-RS enfrenta o CSA na próxima terça-feira, às 19h15, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Já o Atlético Goianiense volta a campo apenas no próximo dia 27 (sábado), às 16h30, diante do Boa, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS 1 x 2 ATLÉTICO-GO

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Éder Sciola (Tiago Cametá), Leandro Camilo, Heverton e Alex Ruan; Leandro Leite, Itaqui, Rafael Gava (Rafael Dumas), Welinton Júnior e Diego Miranda; Michel (Wallace Pernambucano). Técnico: Rogério Zimmermann.

ATLÉTICO-GO - Klever; Jonathan, Lucas Rocha, Oliveira e Victor Oliveira (Alisson); Fernandes (Rômulo), Pedro Bambu e Vitinho (André Luis); Júlio César, Thiago Santos e Renato Kayzer. Técnico: Wagner Lopes.

GOLS - Itaqui, aos 40 minutos do primeiro tempo; Júlio César, aos 22, e André Luis, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Alex Ruan, Heverton, Marcão, Wallace Pernambucano e Leandro Leite (Brasil-RS); Fernandes, Oliveira, Pedro Bambu e Vitinho (Atlético-GO).

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA).

RENDA - R$ 58.610,00.

PÚBLICO - 3.510 pagantes (4.440 no total).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.