Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Atlético-MG acerta a rescisão de contrato com atacante argentino Franco Di Santo

Fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli, jogador agora está livre no mercado para buscar outro clube

Redação, Estadão Conteúdo

30 de junho de 2020 | 08h36

O Atlético-MG oficializou a rescisão de contrato com o atacante argentino Franco Di Santo, de 31 anos. A diretoria do clube informou o rompimento do compromisso, que iria até o final desta temporada, nesta segunda-feira e o acerto já apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Di Santo não estava mais nos planos do técnico argentino Jorge Sampaoli. Além disso, o Atlético-MG procura reduzir os gastos em meio à crise financeira causada pela pandemia do novo coronavírus. Na última semana, o atacante Clayton também teve o seu contrato rescindido e o clube tenta negociar Edinho, Lucas Hernández, Ramón Martínez e Zé Welison.

O argentino chegou ao Atlético-MG em agosto do ano passado, já que Ricardo Oliveira não vivia boa fase, mas nunca conseguiu se firmar, apesar de ter ganhado a titularidade na reta final do Campeonato Brasileiro e no Campeonato Mineiro deste ano. Em 33 partidas, marcou apenas sete gols - sendo três em 2020. Um deles foi o primeiro do time sob o comando de Jorge Sampaoli.

Para o ataque, a direção do Atlético-MG já contratou Keno, que estava no Oriente Médio, e Marrony, ex-Vasco, durante a paralisação do futebol por conta da pandemia da covid-19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.