Atlético-MG aposta em retrospecto de Leão no clube

O retrospecto de Emerson Leão no comando do Atlético Mineiro influenciou na decisão do presidente Alexandre Kalil para que o treinador dirigisse a equipe na próxima temporada. Sob o comando do técnico, que dirigiu o time em 1997 e em 2007, o Atlético conquistou 57% dos pontos disputados em 69 jogos. O treinador será apresentado oficialmente na terça-feira, junto com o preparador físico Fernando Leão e o fisiologista Rodrigo Chaves. Em 1997, Leão assumiu o Atlético após o time ser eliminado nas quartas-de-final do Campeonato Mineiro pelo Villa Nova. O treinador conquistou os títulos da Copa Centenário de Belo Horizonte e da Copa Conmebol e terminou o Campeonato Brasileiro em quarto lugar. Ele dirigiu o time em 45 jogos, com 23 vitórias, 11 empates, 11 derrotas, com aproveitamento de 59,2% dos pontos disputados. A segunda passagem de Leão pelo Atlético não teve títulos. O treinador assumiu o time na 14ª rodada do Brasileirão, com o time em 11º lugar. O treinador dirigiu a equipe em 24 partidas, com 11 vitórias, cinco empates, oito derrotas e um aproveitamento de 52,77%. O time terminou o torneio nacional na oitava posição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.