Atlético-MG aposta em Tardelli na volta à Libertadores

De volta à Copa Libertadores após um período de 13 anos de ausência, o Atlético-MG estreia nesta quarta-feira na competição contando com força máxima para encarar o São Paulo, a partir das 22 horas, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Além de ter mantido a base da temporada, o clube mineiro aposta no retorno do atacante Diego Tardelli, um dos ídolos recentes da história atleticana, que chegou para fazer parceria com os astros Ronaldinho Gaúcho e Bernard.

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2013 | 07h05

Diego Tardelli, aliás, é o único titular na partida desta quarta-feira que não participou do vice-campeonato brasileiro do ano passado, que classificou o clube para a Libertadores. O atacante, que estava no futebol do Catar, admitiu durante a semana que ainda não adquiriu o condicionamento físico ideal, mas foi confirmado pelo técnico Cuca para o jogo contra o São Paulo.

Assim, Diego Tardelli vai jogar no setor ofensivo do Atlético-MG ao lado de Bernard, Jô e Ronaldinho Gaúcho - este último volta ao time nesta quarta-feira após ter perdido um pênalti no amistoso da seleção brasileira contra a Inglaterra, na semana passada, em Londres. Além do meia, Cuca terá ainda o retorno do volante Pierre e do zagueiro Leonardo Silva, que não enfrentaram o Tombense, também na semana passada, pelo Campeonato Mineiro, porque estavam contundidos.

Com os ingressos praticamente esgotados, o Atlético-MG conta com a força da sua torcida para pressionar o São Paulo e, assim, abrir a sua participação na Libertadores com um resultado positivo no Grupo 3. E o retrospecto em casa é extremamente positivo: o time ainda não perdeu na Arena Independência desde a reinauguração do estádio em abril de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.