Pedro Souza/ Agência Galo
Pedro Souza/ Agência Galo

Atlético-MG aposta na força de seu ataque para não perder o São Paulo de vista

Última derrota da equipe mineira na competição foi justamente para o rival deste sábado

Redação, Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2020 | 13h45

O Atlético-MG já teve cinco pontos de vantagem na liderança do Brasileirão e não conseguiu mantê-la. Crente que o líder São Paulo também vai tropeçar uma hora na competição, a meta é voltar com os três pontos de Curitiba para não perder o novo líder de vista. Ainda mais com confronto direto no meio de semana. Às 17 horas, na Arena da Baixada, os mineiros apostam na força do ataque para surpreender o Athletico-PR.

Com a volta de Savarino, o melhor ataque do Brasileirão vai para cima dos paranaenses. Dono de 43 gols na competição, os mineiros crescem quando o venezuelano está em campo, sobretudo por causa de suas assistências.

O técnico Jorge Sampaoli sabe que sua equipe precisa dar uma mostra de reação após ver o São Paulo abrir sete pontos e, também, apagar a má impressão ao ceder a igualdade ao Internacional, no Mineirão, nos minutos finais.

O retorno de Savarino vai obrigar Sampaoli a mexer no setor. Com a chegada de Vargas, são quatro boas opções para três vagas. O chileno e Sasha, em tese, disputariam uma vaga, com o venezuelano e Keno jogando abertos na frente.

O setor ofensivo dos mineiros vêm muito bem nos últimos jogos. Foram 12 gols em seis jogos, média de dois por partida, por exemplo. Desempenho surpreendente. Mas a defesa deixa a desejar.

Os oito gols sofridos no mesmo período - apenas o Flamengo não marcou - custaram preciosos sete pontos, justamente a diferença na tabela para o São Paulo. O Atlético somou derrota para o Athletico-PR (2 a 0) e empates diante de Ceará e Inter, ambos por 2 a 2.

Com o retorno do paraguaio Júnior Alonso na zaga, a meta e se vingar da surpreendente derrota no Mineirão, há pouco mais de 20 dias. O Atlético estava na liderança e confiante quando fez o duelo com os paranaenses. Esbarrou num rival ousado e caiu. Agora entra em campo mordido e disposto a devolver o resultado para seguir na briga pelo topo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.