Atlético-MG aposta nos contra-ataques

Para conseguir a sua quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, desta vez contra o Brasiliense, nesta quarta-feira, às 16 horas, no Estádio Serejão, em Taguatinga (DF), o Atlético-MG entrará em campo apostando nos contra-ataques. A intenção do técnico Marco Aurélio é escalar um meio-campo que mantenha a forte marcação, mas que saiba sair com velocidade para o ataque, quando estiver com a posse de bola. Acreditando que pode deixar a zona de rebaixamento, já nesta 24.ª rodada, o treinador confirmou o time mineiro no esquema 3-5-2, com o jovem Rafael Miranda e o experiente Fábio Baiano no meio.Porém, para sair da incômoda posição, o Atlético, que ocupa a 20.ª colocação com 22 pontos, precisa, além de vencer o adversário, torcer por tropeços de São Paulo e Flamengo, que somam 25 pontos. Para somar mais três pontos, o treinador escalou Rafael Miranda na vaga de Amaral, que ainda se recupera de contratura muscular na parte posterior da coxa direita. Já Fábio Baiano retorna ao time titular no lugar de Walker, suspenso por três partidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com isso, além de Miranda e Baiano, o meio-campo mineiro será formado pelos alas George e Rubens Cardoso, e pelo volante Zé Antônio. "Acredito que essa formação dará mais velocidade ao nosso contra-ataque", explica Marco Aurélio.A defesa, que vem se destacando nas últimas partidas, será mantida com o paraguaio Cáceres, recuperado de dores musculares, Leandro Castan e Lima. Já o ataque será formado por Marques e Catanha, que se recuperou de uma inflamação no tornozelo direito. "A equipe conseguiu se reabilitar nas últimas três partidas. Com isso, o clima entre os jogadores melhorou muito. E isso será muito importante no decorrer da competição, já que estamos tentando chegar ainda mais perto do grupo intermediário", diz Catanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.