Atlético-MG aposta tudo na Sul-Americana

Com poucas chances de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro, os jogadores do Atlético-MG enxergam na Copa Sul-Americana a chance de alcançar uma conquista internacional em 2004. Por isso, prometem muito empenho na partida desta quarta-feira, contra o Fluminense, às 19h10, no Mineirão, no confronto que vale uma vaga na próxima fase do torneio. Depois de muita confusão sobre os critérios de desempate na primeira fase da competição, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) enviou um fax nesta terça ao departamento técnico do Atlético confirmando que o número de gols marcados como visitante conta na decisão da vaga.Atlético e Fluminense estrearam na competição vencendo o Corinthians pelo mesmo placar - 2 a 0 -, mas o time mineiro alcançou o triunfo na casa do adversário e, por isso, se classifica para a próxima fase com empates de 0 a 0 ou 1 a 1. A equipe carioca necessita de uma vitória ou um empate de mais de dois gols. Se o placar terminar 2 a 2, a decisão será no sorteio. "A gente tem de fazer um bom jogo e convencer a todos que o time pode ganhar alguma coisa até o final do ano", destacou o zagueiro Luiz Alberto. "Temos de buscar um título para o Galo e a Sul-Americana é a nossa chance", reforçou o lateral-direito Cicinho.O técnico Marcelo Oliveira não poderá contar com o volante Hélcio, que se recuperava de uma fratura no antebraço esquerdo e não foi inscrito na primeira fase do torneio. O jogador recebeu a notícia nesta semana e não escondeu a frustração."Eu não estou autorizado a falar sobre isso, mas eu queria estar jogando, não resta dúvida", disse Hélcio, que preferiu classificar o episódio como um "acidente de percurso". Ele será substituído por Ferrugem, que atuou improvisado na zaga nos dois últimos jogos do time no Brasileiro. O zagueiro André Luiz, que cumpriu suspensão contra o Coritiba no domingo passado, está de volta e formará dupla com Luiz Alberto. A única dúvida do treinador está no meio-campo, entre Tucho e Lúcio Flávio, que treinou entre os titulares nesta terça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.