Atlético-MG bate Fortaleza por 2 a 0

Após um jejum de sete partidas sem vitória, o Atlético-MG venceu o Fortaleza por 2 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Ipatingão, na cidade de Ipatinga, no Vale do Aço mineiro, pela 43ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gol foram marcados por Alex Alves e Enrico. Com a vitória, o Galo chegou aos 66 pontos ganhos e reascendeu a esperança de conquistar uma das vagas na Copa Libertadores da América de 2004. Já o Fortaleza, que manteve os 45 pontos, não conseguiu afastar-se do pelotão que luta para fugir do rebaixamento. Na próxima rodada, o time mineiro pega o Juventude, em Caxias, e os cearenses recebem o Paraná Clube, em Fortaleza.Precisando vencer para ainda sonhar com uma vaga na competição sul-americana, o Atlético começou a partida no ataque, pressionando o adversário no seu campo de defesa. Porém, apesar de tentar as jogadas ofensivas, o time mineiro não conseguia acertar os passes na frente, facilitando o trabalho da defesa cearense. Já o Fortaleza, que tinha mais volume de jogo e prendeu mais a bola nos pés, adotou uma postura defensiva, esperando para tentar surpreender o Galo nos contra-ataques.Depois de insistir muito nas jogadas pelas laterais, o time mineiro conseguiu chegar ao seu primeiro gol. Aos 23 minutos, o ala Alex fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. O atacante Fábio Júnior atraiu a marcação dos zagueiros e deixou seu companheiro Alex Alves pronto para concluir. Bem posicionado, o atacante girou para o gol, de primeira, acertando o canto direito. A bola saiu rasteira e passou por baixo do goleiro Jefferson, que falhou no lance.Apesar de ter levado o gol, o Fortaleza manteve a postura em campo. Tocava bem a bola e saia nos contra-ataques. E, em dois lances seguidos, o time cearense teve a oportunidade para empatar a partida.Aos 31 minutos, o atacante Finazzi, um pouco adiantado, completou para o gol cruzamento da direita de cabeça. Mas, o árbitro do Distrito Federal, Luciano Augusto Teotônio Almeida, marcou impedimento. Depois, aos 36, o mesmo Finazzi, desta vez em posição legal, cabeceou forte, no canto, cruzamento que veio da esquerda. O goleiro Velloso saltou, fez grande defesa e garantiu a vantagem para o Atlético no primeiro tempo.No segundo tempo, os treinadores inverteram as posturas de suas equipes. Procópio Cardoso Neto substituiu o armador Lúcio Flávio para a entrada do volante Genalvo, que foi ao jogo reforçar a marcação no meio de campo. Por outro lado, Márcio Araújo, que já havia dado mais velocidade ao time com a entrada de Alexandre, no lugar de Messias, aumentou a carga ofensiva colocando Daniel no lugar de Erandir.O Fortaleza, apesar de ter passado a atacar com mais perigo, não conseguia concluir com perfeição. Por sua vez, o Galo aproveitava para sair nos contra-ataques. Em um deles, aos 35 minutos, o atacante Fábio Júnior dominou na área, tentou driblar o adversário, foi travado, não conseguiu ampliar a vantagem e foi substituído por Enrico. O atacante, no primeiro lance seu na partida, aos 47 minutos, completou o cruzamento e fez de cabeça o segundo gol que garantiu a vitória do Atlético.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.