Atlético-MG bate Náutico de virada no Mineirão

Time alvinegro faz 2 a 1 e fica mais distante da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

AE, Agencia Estado

20 de setembro de 2008 | 20h30

Apesar de não fazer uma boa campanha no Brasileirão, o Atlético-MG deixou a ameaça de rebaixamento mais distante neste sábado. O time recebeu o Náutico no Mineirão e, apesar da grande dificuldade, venceu a partida por 2 a 1, de virada. A vitória, porém, não fez a equipe do técnico Marcelo Oliveira subir na tabela, já que continua na 12.ª posição, com 33 pontos. O Náutico também permanece no mesmo lugar na classificação, ficando logo atrás, em 13.º, com 29 pontos.   Veja também: Brasileirão Série A - Classificação Brasileirão Série A - Resultado / Calendário Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Confira todos os detalhes da rodada no Território EldoradoNo confronto entre equipes com campanhas similares neste Brasileirão, o Atlético começou melhor. Aos dez minutos, Marques fez Eduardo trabalhar pela primeira vez, chutando de fora, mas o goleiro encaixou com facilidade. Mas, mesmo com o time mineiro criando mais, foi o Náutico que aproveitou um contra-ataque para abrir o marcador. Alessandro levantou a bola na área e Edson se atrapalhou com a zaga atleticana, deixando o gol livre para Ruy, que não desperdiçou.Depois do gol, as duas equipes perderam em criatividade e pouco chegaram. Apenas nos minutos finais do primeiro tempo, os times se arriscaram mais. Aos 37, Clodoaldo recebeu cruzamento por baixo da esquerda, ficando livre para marcar o segundo do Náutico, de frente para o gol e quase dentro da pequena área. No entanto, o atacante pegou embaixo da bola e o arremate não acertou o alvo.Cinco minutos depois veio a resposta do Atlético. Renan Oliveira avançou com velocidade para bater cruzado, acertando um forte chute cruzado, sem chances de defesa para Eduardo. O time mineiro conseguiu o que queria, empatando a partida ainda na primeira etapa de jogo.No segundo tempo, as equipes voltaram cautelosas e a primeira chance real de gol aconteceu apenas aos 13 minutos, quando Marques cruzou e Márcio Araújo pegou bonito de primeira. O chute, porém, passou rapando por sobre o gol do Náutico. Mal em campo, o time pernambucano não acertava a marcação e permitiu que as substituições do técnico Marcelo Oliveira surtissem efeito. Logo após as entradas de Petkovic e Castillo, o Atlético chegou à virada aos 20 minutos, com participação efetiva de ambos. O meia sérvio cobrou falta da direita, o atacante boliviano cabeceou e acertou o travessão, deixando o rebote para o zagueiro Vinícius concluir, também de cabeça, enquanto o goleiro Eduardo ainda se levantava. Até o final da partida, o Náutico chegou a assustar com Derley, que chutou em dividida com Édson, dentro da pequena área, mas a bola não acertou o gol.Na próxima rodada do Brasileirão, o Atlético joga novamente em casa, contra o Figueirense, no dia 27. No domingo, dia 28, o Náutico volta a campo para encarar o Palmeiras, no Recife.Atlético-MG 2 x 1 NáuticoAtlético-MG - Edson; Mariano, Vinícius, Marcos e César Prates; Rafael Miranda, Márcio Araújo, Serginho e Renan Oliveira (Castillo); Lenílson (Petkovic) e Marques (Gedeon). Técnico: Marcelo Oliveira. Náutico - Eduardo; Vágner Silva, Adriano, Everaldo e Ruy; Ticão (Alceu), Derley, Valdeir (William) e Alessandro; Kuki e Clodoaldo (Felipe). Técnico: Roberto Fernandes. Gols - Ruy, aos 17, e Renan Oliveira, aos 42 minutos do primeiro tempo; Vinícius, aos 20 minutos do segundo tempo.Cartões amarelos - Rafael Miranda, Ticão, Alceu e Derley.Árbitro - Paulo César Oliveira (Fifa-SP).Renda: R$ 61.457,00.Público: 12.468 pagantes.Local - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.