Divulgação
Divulgação

Atlético-MG alcança sexta vitória seguida e assegura ponta isolada

Equipe faz 2 a 0 na Ponte Preta em Campinas e soma 29 pontos

Estadão Conteúdo

11 de julho de 2015 | 23h13

O Atlético-MG está impossível no Campeonato Brasileiro. O time mineiro chegou à sexta vitória seguida e garantiu a liderança até o final da 13ª rodada ao bater a Ponte Preta, por 2 a 0, na noite deste sábado. O atacante Thiago Ribeiro e o meia Giovanni Augusto marcaram os gols do duelo realizado no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

A vitória confirmou a grande fase do Atlético, que chega aos 29 pontos e abre provisoriamente três pontos para o vice-líder Grêmio, que horas mais cedo superou o Vasco por 2 a 0, em Porto Alegre. Por outro lado, a Ponte acumula a quarta rodada sem vitórias e sem gols, sendo que amargou três derrotas e um empate nestes jogos. O resultado faz o time estacionar nos 17 pontos, na décima posição.

De quebra, o jogo deste sábado marcou para a Ponte a despedida do meia Renato Cajá, que está se transferindo para o Al Ittihad, dos Emirados Árabes. Ele não teve uma boa atuação e foi substituído aos 17 minutos do segundo tempo por Cesinha. O meia foi vaiado várias vezes durante o jogo, mas aos 31 anos fará um contrato milionário e a Ponte vai receber perto de R$ 6 milhões pela multa rescisória.

O início de jogo muito bom. Apostando em um jogo intenso e veloz, os dois times tiveram boas chances de gols. E, aos 27 minutos, os mineiros chegaram ao primeiro gol. O meia Giovanni Augusto cobrou escanteio da esquerda, a defesa falhou e o atacante Thiago Ribeiro subiu, sozinho, para marcar de cabeça.

Depois do gol, o líder do Brasileirão fez valer a melhor qualidade técnica e passou a controlar a partida. Mesmo buscando mais o jogo, o time de Campinas encontrou dificuldades para finalizar com perigo à meta do goleiro Victor.

No segundo tempo quem chegou mais próximo do gol foram novamente os visitantes. Giovanni Augusto fez tabela com o argentino Lucas Pratto e deixou o meia Maicosuel na cara do gol. Ele finalizou, sem marcação, e o goleiro Marcelo Lomba salvou em cima da linha. O segundo gol saiu apenas aos 42 minutos, quando Giovanni Augusto recebeu na área e bateu colocado, no canto esquerdo do goleiro.

No próximo domingo, às 18h30, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Joinville, na Arena Joinville. Enquanto isso, o Atlético-MG encara o Corinthians, no próximo sábado, também às 21 horas, no Itaquerão.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 2 ATLÉTICO-MG

PONTE PRETA - Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Juninho e Renato Cajá (Cesinha); Felipe Azevedo (Keno), Birô Biro e Diego Oliveira (Borges). Técnico - Guto Ferreira.

ATLÉTICO-MG - Victor; Carlos César, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Giovanni Augusto (Josué), Maicosuel (Carlos) e Thiago Ribeiro (Luan); Lucas Pratto. Técnico - Levir Culpi.

GOLS - Thiago Ribeiro, aos 27 minutos do primeiro tempo; Giovanni Augusto, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS - Biro Biro (Ponte Preta); Carlos César, Giovanni Augusto e Leandro Donizete (Atlético-MG).

RENDA - R$ 117.530,00.

PÚBLICO - 4.733 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.