Atlético-MG bate São Paulo e reassume ponta da tabela

O Atlético Mineiro não tomou conhecimento do atual campeão brasileiro e venceu o São Paulo por 2 a 0, nesta quinta-feira, no Mineirão, pela 11ª rodada do Brasileirão. A vitória devolveu a liderança ao time mineiro e complicou a situação dos paulistas.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 23h09

O time comandado por Celso Roth, que havia perdido a ponta na quarta com a vitória do Internacional, chegou aos 24 pontos e passou novamente os gaúchos na tabela. O São Paulo segue com 11, na 15ª posição, perto da zona de rebaixamento.

O São Paulo entrou em campo nesta quinta com várias mudanças. Os zagueiros Renato Silva e André Dias, suspensos, ficaram de fora - o time atuou no 4-4-2. O volante Marlos, fortemente gripado, também foi cortado. Dagoberto foi escalado para atuar com Hugo e Borges no sistema ofensivo.

A meta do São Paulo era suportar a pressão inicial do Atlético-MG para, em sequencia, jogar nos contra-ataques. Contudo, um erro de Mirando colocou tudo a perder logo no primeiro minuto - o zagueiro perdeu a bola para Diego Tardelli, que se aproximou da área e chutou sem chances para Denis.

O Atlético aproveitou o nervosismo e a falta de organização do adversário e quase ampliou aos 10 minutos. Tardelli errou cabeçada após cruzamento de Thiago Feltri e desperdiçou a chance. O artilheiro do Atlético no Brasileirão ainda perdeu outras chances, assim como Éder Luís, que não estava em noite inspirada.

O único bom ataque do São Paulo na etapa inicial aconteceu apenas aos 34 minutos, e ainda assim contou com uma colaboração atleticana. Júnior César fez o cruzamento rasteiro pela esquerda. O zagueiro Werley se atrapalhou e desviou para trás. Para sorte do jogador, a bola bateu na perna direita do goleiro Aranha e saiu.

Ricardo Gomes tentou concertar o São Paulo no intervalo. Porém, o Atlético não deu chances para uma reação. Aos 7 minutos, Serginho tabelou com Éder Luís e saiu na cara do gol. O volante chutou no canto esquerdo de Denis e fez a alegria do Mineirão: 2 a 0.

Desesperado, o treinador são-paulino buscou dar um novo ânimo com as entradas de Richarlyson e do jovem Oscar. O time, no entanto, continuou apático na etapa final e sofreu sua quarta derrota dentro Brasileirão - a diferença para o líder Atlético já é de 13 pontos.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Vitória em Salvador, no domingo, enquanto o São Paulo disputa o clássico com o Santos, no Morumbi, no mesmo dia.

Ficha Técnica:

Atlético-MG 2 x 0 São Paulo

Atlético-MG - Aranha; Welton Felipe, Werley e Alex Bruno; Carlos Alberto, Serginho (Marcos Rocha), Jonílson, Júnior (Evandro) e Thiago Feltri; Éder Luís (Alessandro) e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth.

São Paulo - Denis; Zé Luis (Richarlyson), Jean Rolt, Miranda e Junior Cesar; Eduardo Costa, Jean, Jorge Wagner (Oscar) e Dagoberto; Hugo (Hernanes) e Borges. Técnico: Ricardo Gomes.

Gols - Diego Tardelli, a 1 minuto do primeiro tempo. Serginho, aos 7 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Diego Tardelli (Atlético-MG); Zé Luis, Jorge Wagner e Borges (São Paulo).

Árbitro - Leonardo Gaciba da Silva (Fifa/RS).

Renda - R$ 756.818,00.

Público - 54.214 torcedores.

Local - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG). N

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.